R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

1 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 28/04/2011 às 10h17:

Manifestantes encerram protesto
na estrada do M'Boi Mirim

Polícia diz que duas pessoas foram detidas suspeitas de tentar atear fogo em PMs

Do R7

Publicidade

Os cerca de mil manifestantes que bloqueavam a estrada do M’Boi Mirim,na altura da avenida Inácio Dias da Silva, no Jardim São Luis, na zona sul de São Paulo, no início da manhã desta quinta-feira (28), encerraram os protestos.

Ficou preso no trânsito por causa do protesto? Envie seu relato ao R7

Eles haviam ocupado a frente do prédio da subprefeitura, aguardando uma posição das autoridades e deixaram o local após o subprefeito Beto Mendes fazer uma reunião com dez representantes do grupo. O conteúdo da conversa ainda não foi divulgado.

Veja a situação do trânsito em SP

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), por volta das 9h50, os manifestantes não ocupavam mais as ruas, permitindo que o trânsito fluísse livremente. 

De acordo com a Polícia Militar, a população local protesta contra o aumento na tarifa do ônibus, além de pedir melhorias no serviço de transporte. Parte dos manifestantes também estaria protestando contra o atendimento de saúde precário do hospital M’Boi Mirim, que teria cometido erros médicos. A Secretaria Municipal de Saúde informou, no entanto, que não foi encontrada nenhuma queixa sobre o atendimento da saúde.

Além dos moradores da região, participantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto também estariam no local se manifestando, em uma jornada organizada pela Conlutas (Central Sindical e Popular), informou em nota o movimento.

Pelo menos duas pessoas foram detidas. De acordo com um policial que está no local, os homens detidos estavam com garrafas com álcool, ameaçando atear fogo nos policiais.

A ocorrência será registrada no 92° Distrito Policial. 

Denúncias

No final de 2010, o R7 já havia informado que embora a Prefeitura de São Paulo pagasse para que o hospital M’Boi Mirim fosse administrado por duas instituições particulares - o Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim e o hospital Albert Einstein (um dos mais caros e conhecidos do país) - , a qualidade do atendimento estava sendo questionada.

Denúncias de erro médico foram registradas, como a de um menino de três anos que foi submetido a três cirurgias no hospital, sendo duas delas por engano.

Assista ao vídeo:

 


Veja Relacionados:  manifestantes, protesto
manifestantes  protesto 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping