R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 12/10/2011 às 05h30:

Mecânico aposentado transforma lixo em
brinquedos na zona oeste de São Paulo

Ex-funileiro aproveita materiais usados e cria objetos curiosos, como cavalo que faz xixi

Vanessa Sulina, do R7

Publicidade

Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. A lei formulada pelo francês Lavoisier (1743-1794), um conceito básico químico, hoje é clichê para quase tudo. Séculos e quilômetros de distância do parisiense, e desconhecendo a lei que rege a química moderna, um ex-funileiro mecânico da zona oeste de São Paulo adotou o "clichê" como filosofia de vida e resolveu transformar quase tudo que encontra no lixo em brinquedos.

Veja as obras de arte do "museu"

Em seu ateliê na avenida Marquês de São Vicente, seu Paulo Marino Egilio, de 77 anos, "brinca" todos os dias de dar vida a objetos que parecem não servir mais para nada. Dos restos de materiais doados por amigos de oficinas mecânicas e carroceiros, Marino cria bonecos, carros e animais que se movimentam. No local, tem até um cavalo que faz xixi.

Mais de 200 dessas obras estão expostas no que ele batizou de Ateliê da Alegria, uma espécie de museu onde o artista passa quase todo o seu tempo, desde que se aposentou há seis anos. 

- O pessoal me dá material. Por exemplo, calotas, breques de carros, escapamento, e vou pensando em coisas para fazer. Todos os materiais podem ser bem aproveitados. 

Em conversa com o R7, seu Marino contou que as ideias para as obras “surgem em sua cabeça” sem nenhum planejamento.

- Nunca desenhei nada antes do que fiz e nem uso computador. A inspiração [para criar os brinquedos]? Olha, não sei de onde vem, viu? [risos]. Às vezes, olho jornais, revistas, assisto a TV, então, me surgem as ideias [sic]. 

Exposições

O “museu” atrai crianças e adultos encantados pelo mundo colorido e cheio de criatividade de seu Marino. Dessas visitas, recentemente surgiu um convite para ele participar, no próximo mês de outubro, de uma feira internacional voltada às crianças. 

- Os organizadores viram uma bandeira que eu tenho do Brasil aqui feita com 30 mil tampinhas e pediram para eu levar para expor. Mas como ela é uma cortina e vai dar mais trabalho tirar, decidi fazer uma nova. 

Teste: o que você sabe sobre o mundo das crianças?

E esta não é a primeira vez que seu Marino é chamado para expôor seu trabalho. O ex-mecânico conta que sempre gostou de “inventar coisas” e participou diversas vezes de gincanas de TV, mesmo antes de se dedicar totalmente à criação dos brinquedos.

- Tenho este dom desde criança. Os brinquedos das minhas filhas fui eu que fiz. Estava sempre inventando alguma coisa. Há 30 anos, por exemplo, ganhei um carro da Record com um dos objetos que criei. Fiz até bicicleta de cinco lugares, na época. 

Predileto
Entre os inúmeros trabalhos, porém, o mecânico revela, com felicidade infantil, que o que ocupa um lugar “especial” não chega a ser bem um brinquedo. 

- Fiz um carro novo com peças de carros velhos. Sem dúvida, esse foi um dos trabalhos mais difíceis que eu já fiz. Demorei seis meses trabalhando quatro horas por dia. Mas valeu a pena. Até hoje, ele funciona e todo mundo quer conhecer ele de perto aqui no ateliêr. Tudo isso sempre me deu prazer, é meu hobby. 

Serviço
Ateliê da Alegria
Local
: Norma Pieruccini Gianotti, 557, Barra Funda (continuação da av. Marquês de São Vicente)
Horário: De terça a sexta das 14h 17h
Quanto: gratuito
* É necessário agendar antes da visita

Aletier da Alegria
Seu Marino se dedica à criação de obras de artes aos 77 anos de idade (Foto: Julia Chequer/R7)


Veja Relacionados:  mecânico, aposentado, lixo, obra de arte
mecânico  aposentado  lixo  obra de arte 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping