R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

26 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 08/05/2010 às 06h02:

Nova praça Roosevelt vai trocar
marquise de concreto por árvores

Objetivo da prefeitura é fazer do lugar um espaço de convívio seguro

João Varella, do R7

A armação de concreto da praça Roosevelt, na região central de São Paulo, que virou ponto de encontro de usuários de drogas e moradores de rua vai ser demolida. O projeto da revitalização do local elaborado pela Emurb (Empresa Municipal de Urbanização), ao qual a reportagem do R7 teve acesso, prevê colocar árvores e bancos no lugar dessa marquise - uma forma de incentivar a circulação e a ocupação do lugar pelos paulistanos.

Tudo o que hoje está acima do estacionamento particular, que tem a entrada perto da rua Augusta, será demolido. A linha geral do projeto é fazer da Roosevelt um espaço de convívio com segurança, segundo disse ao R7 a gerente de intervenção urbana da Emurb, Rita Gonçalves. A praça vai ganhar um posto policial em local estratégico.

Segurança é um tema delicado ali. Em dezembro passado, o dramaturgo Mario Bortolotto e o cartunista Henrique Figueroa, mais conhecido como Carlos Carcarah, foram baleados durante um assalto ao teatro e bar Parlapatões. Bortolotto ficou internado em estado grave e sobreviveu. Ambos fazem parte de um grupo de teatro que há muitos anos luta pela revitalização da praça.

Rita concorda com os atores e reconhece que o local precisa de uma revitalização há anos.

– Ela vinha se degradando ao longo dos anos. Ela ficou a desejar em questão de conservação.

A  nova praça, aguardada com expectativa pelos grupos teatrais que ficam no entorno, terá muitas árvores e um caminho feito de placas de concreto circundadas por canteiros e bancos. Uma luminária para cada 15 m², com altura menor do que as copas das árvores para não fazer sombra, deve permitir o uso do local inclusive à noite. As árvores serão em sua maioria de pequeno porte. Além do posto policial, existe a previsão da instalação de câmeras de segurança, segundo a Emurb.

Ela disse ainda que existe uma proposta em discussão na prefeitura para moradores e trabalhadores das imediações participarem da administração da Roosevelt.

Praça Roosevelt nova planta

Planta do projeto da praça Roosevelt elaborada pela Emurb; o telecentro marcado na imagem não entrou na licitação (Divulgação/ Emurb).

Acessibilidade
Para Rita, é inconcebível hoje em dia projetar um espaço que não esteja de acordo com o “desenho universal”, que prevê a visitação de pessoas com condições especiais de mobilidade, como cadeirantes e deficientes visuais.

– O lugar tem que ser usado para todos os tipos de usuários. O projeto passou pela aprovação da Comissão Permanente de Acessibilidade, órgão deliberativo da prefeitura que trata dessas questões. 

A Roosevelt surgiu nos anos 70, época em que o tema não chamava a atenção de arquitetos e urbanistas. Na época em que a praça foi criada, as intervenções urbanas eram pautadas por uma “reinvenção da paisagem”, segundo Rita.

Atraso
A revitalização da Roosevelt é uma promessa antiga, parada há três anos. Em janeiro passado, a prefeitura divulgou a licitação [concorrência entre empresas] para a execução da reforma do local. As propostas foram entregues em março passado e estão em análise por uma comissão especial. A previsão para a conclusão do projeto é de dois anos, segundo a Secretaria Municipal de Planejamento.

Os atrasos no processo de licitação da obra fizeram com que o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) cortasse o valor do financiamento oferecido. Inicialmente, o acordo era de R$ 16,8 milhões, mas a verba foi reavaliada para R$ 5,9 milhões, segundo a assessora de imprensa do banco. Neste ano, a prefeitura promete fazer drenagem, demolições, pavimentação, movimentação de terra, entre outros. No ano que vem, a prefeitura poderá voltar a pedir a verba total.

A proposta de obras de melhorias para a área foi incluída, em 2003, no programa de revitalização do centro da capital, que tem US$ 100 milhões do BID. A prefeitura tirou R$ 2,7 milhões que seriam usados na revitalização da Roosevelt, segundo decreto publicado na terça-feira (4) no Diário Oficial do município, assinado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM).

Rita diz acreditar que “agora sai”.

 
Veja Relacionados:  São Paulo, SP, Roosevelt, Praça, teatro
São Paulo  SP  Roosevelt  Praça  teatro 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping