R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

22 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 04/01/2011 às 12h32: atualizado em: 04/01/2011 às 12h05

População reclama de aumento na
tarifa de ônibus em São Paulo

Último dia para recarga do Bilhete Único por R$ 2,70 lotou postos

Andrea Dip, do R7

Publicidade

Na manhã desta terça-feira (4), quem esperava na longa fila formada em frente à bilheteria do terminal integrado da Lapa, na zona oeste de São Paulo, reclamava. No último dia que os passageiros têm para recarregar o Bilhete Único com a tarifa de ônibus a R$ 2,70, a indignação era evidente. A partir da quarta-feira (4), o preço da passagem vai para R$ 3, mas a população não acredita que o aumento vá se refletir na qualidade do transporte público.

A alagoana Maria José, que mora a 12 anos na capital paulista, era uma das pessoas que esperava sua vez para recarregar o bilhete no terminal da zona oeste. Ele classificou como "injusto" o reajuste de 11,11% no valor da tarifa autorizado pela prefeitura.

- É injusto aumentarem a passagem, porque a gente vai em pé. Os ônibus estão sempre lotados, não têm conforto nenhum.

A promotora de vendas Vanessa dos Santos, de 28 anos, que estava na mesma fila, apenas algumas posições trás de Maria José, também não escondia sua contrariedade.

- Para onde vai esse dinheiro todo? Porque é o segundo aumento em dois anos e os ônibus continuam cheios. A gente leva horas para atravessar a cidade, e ainda temos que pegar essa fila imensa!

Para o estudante Paulo Henrique, de 26 anos, o aumento da tarifa não corresponde ao reajuste na renda do trabalhador. Mesmo assim, contrariando as outras duas colegas de fila, ele espera que a passagem mais cara traga algum benefício para o passageiro.

- É um absurdo porque o salário das pessoas não aumenta. O povo precisa de mais ônibus na rua, mais horas de tolerância no bilhete. Vamos ver se agora eles melhoram o transporte, pelo menos.

Recarga

Quem recarregar o Bilhete Único até a noite desta terça-feira paga R$ 2,70 por passagem até o final dos créditos. Com o Bilhete Único, o passageiro pode fazer até quatro viagens em um período de duas horas (estudante e trabalhador) e em até três horas (bilhete comum) pagando uma tarifa (o estudante paga metade desse preço por viagem).

Para realizar a recarga, o usuário deve procurar as casas lotéricas ou terminais de ônibus, metrô e trem. O Bilhete Único permite carga máxima de R$ 200, sendo que cada recarga pode ser de até R$ 100.

Tarifa mais cara

Levantamento do R7 junto às prefeituras das 26 capitais brasileiras mais o Distrito Federal aponta que a nova tarifa de ônibus de São Paulo será a maior registrada entre as grandes cidades do país. Poucos Estados chegam a um preço semelhante. Entretanto, isso acontece geralmente em tarifas intermunicipais.

É o caso do Distrito Federal, cujas linhas que levam às cidades satélites custam R$ 3, enquanto a tarifa urbana fica em R$ 2. O último reajuste no DF aconteceu em janeiro de 2006. Em Florianópolis, quem não fizer uso do cartão magnético integrado, que cobra R$ 2,38 por viagem, terá de desembolsar R$ 2,80 em dinheiro a cada trecho.

Entre as tarifas mais altas, também estão as praticadas em Campo Grande e Cuiabá (R$ 2,50). Nessas duas capitais, o passageiro pode pegar mais de um ônibus pagando esse valor.

A partir deste mês, Salvador passou a cobrar R 2,50 pela passagem. Nas cidades de Porto Alegre e Belo Horizonte, os ônibus cobram R$ 2,45 - a capital mineira reajustou a tarifa na semana passada.

 fila_onibus_g

Passageiros fizeram fila em frente a posto de recarga do Bilhete Único no terminal da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, na manhã desta terça-feira (Foto: Edson Lopes Jr./R7)

Veja Relacionados:  bilhete único, aumento, passagem, ônibus
bilhete único  aumento  passagem  ônibus 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping