R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 31/01/2011 às 15h41:

Prefeitura instala sistema de drenagem
no Minhocão após pintura dos pilares

Tubulação impedirá que água caia em cima dos carros que passam pela av. São João

Fernando Gazzaneo, do R7

Publicidade

A Prefeitura de São Paulo está instalando um sistema de drenagem no elevado Costa e Silva, no centro de São Paulo. Até então, as águas das chuvas que escorriam pelas saídas da via caíam nos veículos e nos passageiros que transitavam pela avenida São João. A empresa que faz a obra, a GMR Construções, é a mesma que pintou com tinta antipixação os pilares do elevado. 

O engenheiro e dono da empresa, Gil Farinha Marchi, explica que tubulações ligam as saídas de água com as caixas de águas pluviais, que ficam próximas aos 92 pilares que sustentam o Elevado Costa e Silva. Parte dessas estruturas já estava pregada às colunas, mas ela não era utilizada. O motivo, afirma Marchi, não foi detalhado pela Prefeitura de São Paulo. 

- O sistema de drenagem impede que a água caia em cima dos carros e também dá um aspecto menos insalubre ao Minhocão. 

A empresa também está colocando calhas para conter a infiltração de água na junção entre as vigas e os pilares do Minhocão. Marchi explica que, com o tempo, a estrutura do elevado nesses pontos sofreu dilatações por conta das águas. As calhas, nesse caso, servem “como medida paliativa”. 

- A medida é paliativa, mas é bastante eficiente. Outro tipo de intervenção não só seria mais caro, mas também atrapalharia o trânsito da cidade. 

A reforma no Minhocão começou em novembro deste ano, com a pintura dos pilares. A intervenção foi criticada por especialistas e grafiteiros, que a enxergaram como uma forma de burocratizar a paisagem da cidade. O engenheiro dono da GMR disse que toda essa discussão em volta dos grafites também atrapalhou o trabalho da empresa. Isso porque parte dos canos só poderiam ser instalados com os pilares pintados. 

Segundo Marchi, a Prefeitura de São Paulo, por “questões políticas”, interrompeu a pintura e só autorizou a retomada dos trabalhos na última sexta-feira (28), durante a noite. As colunas, a partir da rua Conselheiro Brotero, deverão receber uma camada de tinta antipixação nos próximos dias. 

O sistema de drenagem já foi instalado em 70% da extensão do Minhocão – da altura da Praça Roosevelt até a praça Marechal Deodoro. As obras deveriam terminar até o dia 20 de fevereiro, mas as chuvas fortes dessa época do ano, o impasse na pintura dos pilares e a necessidade de adaptar o tamanho da tubulação já existente em alguns pontos, estenderão a reforma até março. A instalação dos canos acontecem entre as 23h e as 6h para não atrapalhar o trânsito. 

A reforma do Minhocão, que custou R$ 990 mil aos cofres públicos, também irá limpar as bocas de lobo e restaurar partes das ferragens que sustentam o Minhocão com uma solução antioxidante.


Veja Relacionados:  Prefeitura, instala, sistema, drenagem, Minhocão
Prefeitura  instala  sistema  drenagem  Minhocão 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping