R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

 

publicado em 18/01/2011 às 19h22: atualizado em: 18/01/2011 às 19h59

Rio Tamanduateí transborda em
Santo André, diz Defesa Civil

Chuva também elevou o nível dos córregos e deixou regiões embaixo d'água

Do R7, com Agência Record

Publicidade

A Defesa Civil de Santo André informou que o rio Tamanduateí e os córregos dos Meninos e Guarará transbordaram na tarde desta terça-feira (18) em razão das fortes chuvas que atingiram o município do ABC paulista. Ruas ficaram alagadas. As áreas mais afetadas são centro e entorno dos córregos. O córrego Ribeirão dos Couros (Diadema) também transbordou, segundo informou o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

Acompanhe o trânsito em tempo real

Motoristas tiveram de ser resgatados do capô de carros em razão dos alagamentos. O Jardim do Rego e o centro de Santo André ficaram sem luz, segundo a Defesa Civil. No parque Assunção, também em Santo André, chegou a ventar a 80 km/h.

Assista ao vídeo:

 

Toda a capital paulista chegou a entrar em estado de atenção. Às 17h10, o CGE decretou a situação na zona norte, oeste, centro e na marginal Tietê. Às 17h25, as zonas sul, sudeste, leste e marginal Pinheiros também entraram em atenção. O término da situação foi decretado às 19h15.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) chegou a registrar dez pontos de alagamento na capital, sendo três intransitáveis. Às 19h30, a cidade registrava apenas um ponto de alagamento, na avenida Ragueb Chohfi, em São Mateus, na zona leste. Os aeroportos de Congonhas e Cumbica estavam abertos para pousos e decolagens, por volta das 17h30.

De acordo com o órgão, chovia forte principalmente nos bairros em Perus, Pirituba, Jaraguá, Tremembé, Casa Verde, Santana, Butantã, Campo Limpo, São Mateus, Itaquera, Cidade Tiradentes e Guaianazes. Na Grande São Paulo, chovia forte em Mairiporã, Guarulhos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Caieiras e Osasco. 

Conforme os meteorologistas do CGE, a previsão é de que as chuvas se espalhem por toda a cidade, com pontos fortes em diversas regiões, inclusive com potencial para queda de granizo, rajadas de vento e formação de alagamentos.

Efetivo da CET

Assim que a cidade entrou em estado de alerta, agentes da CET foram enviados para monitorar os principais corredores de trânsito e locais com possibilidade de alagamento, como a Marginal Tietê, a Marginal Pinheiros, o Vale do Anhangabaú e os entornos dos rios Tamanduateí, Aricanduva, Ipiranga e Pirajussara.

As equipes ficam de prontidão efetuando bloqueios e desvios em ruas alagadas, operando semáforos apagados por falta de energia e acionando equipamentos e operações especiais de trânsito para que as chuvas e problemas ocasionados por elas não colocassem em risco pedestres e motoristas. 

Trânsito

Às 19h51, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) registrava 59 km de congestionamento na cidade. O número corresponde a 6,8% das vias monitoradas pelo órgão.

O trânsito está dentro da média esperada para o período. Neste horário, a via mais congestionada era a marginal Tietê, com 4,8 km de fila no sentido Ayrton Senna, na pista expressa.

Na avenida 23 de Maio, havia 3,8 km de lentidão no sentido Santana. A marginal Pinheiros registrava 3,5 km de congestionamento na pista expressa, sentido Interlagos.


 
Veja Relacionados:  chuva,estado de atenção,capital,tiete,zonas
chuva  estado de atenção  capital  tiete  zonas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping