Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

São Paulo

22/3/2013 às 18h45

Sete mulheres são presas por tráfico internacional de drogas no aeroporto de Guarulhos em dois dias

Maioria das suspeitas tentavam embarcar com drogas escondidas na roupa e na mala

Do R7

Sete pessoas foram presas em flagrante por tráfico internacional de drogas no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos na quarta-feira (20) e na quinta-feira (21). Na quarta-feira, foram presas duas sul-africanas, de 40 e 25 anos e uma romena que havia ingerido seis cápsulas de cocaína.

As sul-africanas traziam, sob suas vestes, droga presa junto ao corpo. De acordo com a polícia, uma delas disse ser professora do ensino infantil e foi barrada no aparelho de raios-x de embarque por apresentar grande volume de material orgânico na região das nádegas.

Após revista pessoal por uma agente policial federal, foram encontrados dois pacotes contendo cerca de 1,9 kg de cocaína que seriam levadas a Ruanda, na África. A outra sul-africana trazia cerca de 2,5 kg da droga escondida em colete elástico sob sua roupa quando foi interceptada na fila de check-in em voo rumo a Johanesburgo, na África do sul.

Leia mais notícias de São Paulo

Travesti é preso tentando embarcar em voo com bunda falsa de cocaína

No dia seguinte, foram presas outras quatro mulheres, sendo uma tailandesa de 21 anos, uma africana de 20 anos,  uma venezuelana de 26 anos e uma brasileira de 24 anos.

A tailandesa foi detida em ação conjunta da Polícia Federal e da Receita Federal após ter sua mala retida ao passar pelo aparelho de raios-X. Segundo a políca, na bagagem havia produtos alimentares com cerca de 9,5 kg de cocaína que seriam transportadas para Singapura.

Em outro flagrante, uma africana tentava transportar cerca de 2,1 kg de cocaína para Johanesburgo, na África do Sul em uma mala com fundo falso. Já a venezuelana, que se declarou jornalista formada e licenciada, trazia cerca de 2,1 kg de cocaína presa na altura das coxas com auxílio de uma calça elástica.

A brasileira flagrada pela polícia encontrava-se no Hospital Geral de Guarulhos desde o dia 18 de março para expelir 83 cápsulas de cocaína que havia ingerido com o objetivo de levá-las para Lisboa, em Portugal. Ela viajaria na data anterior (17),  mas passou mal por conta da ingestão das cápsulas e teve que mudar a data de seu voo. Segundo informações da polícia, ela declarou ter realizado ao menos sete viagens para o exterior transportando drogas com sucesso.

As presas foram encaminhadas ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da justiça federal de Guarulhos e responderão por tráfico internacional de drogas, crime que prevê penas que variam de 5 a 25 anos de prisão.

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Zona leste

Pai mata mulher, filha de quatro anos e tenta assassinar bebê dentro de casa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Guarulhos

Polícia Civil investiga namorado de funkeira encontrada morta

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Durante o show

Último forró: marido traído executa “rei dos teclados” em Santo André

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!