Atividade física ajuda a conquistar corpo bonito, mas exige tempo, alerta especialista

Acompanhamento médico e adequação do treino são as principais dicas para se dar bem

Do R7

Prática de exercícios deve respeitar condições de cada paciente Getty Images

Começar 2017 com alguns quilos a menos. Esse é um dos principais desejos que muita gente tem para entrar no novo ano com o pé direito e de forma mais saudável.

Uma das opções para começar a mudar os hábitos e ficar com o corpo mais bonito é aderir à prática de exercícios físicos com regularidade. Parece básico, mas se essa nova rotina não for bem planejada, essas atividades podem causar sérias lesões musculares para quem decidiu abandonar o sedentarismo.

Para fazer o passo a passo correto, o ortopedista especializado em joelho e trauma do esporte do Hospital Alemão Oswaldo Cruz Gabriel Pecchia orienta as pessoas a fazerem uma avaliação com uma equipe multidisciplinar, que vai analisar desde as condições musculares e das articulações até do sistema cardiopulmonar.

— Um médico do esporte faz um trabalho individualizado que contempla triagem, exames e testes físicos, que vão detectar se a pessoa tem alguma contraindicação para a prática de determinada atividade.

O segredo para se dar bem com os exercícios é só seguir esse roteiro, tudo isso para evitar transtornos com dores musculares causadas por tendinites, entorses, estiramentos ou inflamações.

Segundo Pecchia, outra dica que deve ser levada em conta é o acompanhamento de um profissional, que orienta os pacientes quanto à adaptação ao treino, além da intensidade e do ritmo.

A regra para quem tem doenças pré-existentes como diabetes, problemas cardiopulmonares ou reumatismo não muda muito. A única diferença é que o paciente precisa fazer exames um pouco mais detalhados, com avaliação médica e funcional.

Não tomar banho e outros 'pecados' que sabotam seu corpo depois do exercício

Como entrar em forma com 37 minutos de exercício por semana

A paciência também é um dos ingredientes fundamentais para a receita dar certo. Os resultados não costumam vir da noite para o dia.

Para os ansiosos, a recomendação é não estabelecer metas curtas para alcançar, mas focar na mudança dos hábitos quanto ao que se come.

— A atividade física e uma alimentação saudável devem estar presentes na vida de todos e não apenas ser uma das resoluções de ano novo. Além disso, o exagero nos treinos para quem busca um resultado rápido pode provocar lesões.

Mas se alguém ainda tem dúvida do que fazer para perder o peso, algumas das modas desse verão são as modalidades como Cross Fit, artes marciais, lutas e zumba.

O cuidado com as altas temperaturas da estação mais quente do ano, entretanto, também é outro fator que é necessário ficar atento. Todas essas atividades são de alta intensidade e podem prejudicar joelhos, coluna e ombros.

Por isso, manter-se hidratado é fundamental, a fim de evitar problemas como dores de cabeça, tonturas ou náuseas, e também fazer as atividades em ambientes abertos ou áreas arborizadas antes das 10h e depois das 17h, quando as temperaturas estão mais amenas.

  • Espalhe por aí:

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!