Saúde

2/6/2013 às 08h41 (Atualizado em 2/6/2013 às 09h11)

Cinco dicas para uma alimentação mais saudável

Especialistas dão dicas de como suprir as necessidades sem fazer muito esforço

BBC Brasil

A OMS recomenda o consumo de 400g de frutas e legumes por dia Maximilian Stock Ltd./Getty Images

Não é novidade que comer frutas e legumes é bom para a saúde. O difícil é colocar isso em prática no dia a dia.

A Organização Mundial da Saúde recomenda o consumo de 400g de frutas e legumes por dia, correspondente a cinco porções diárias, para prevenir doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Mas como podemos suprir essa necessidade na prática?

Aqui estão cinco maneiras de incluir as cinco porções por dia no seu menu diário sem fazer muito esforço.

Adicionar frutas ao café da manhã

O café da manhã não tem que ser chato, especialmente se você adicionar frutas.

A nutricionista Helen Ford aconselha:

— Corte uma maçã ou uma pêra, junte com blueberries, e coloque no cereal ou na farinha de aveia para obter um reforço de vitamina C e betacaroteno.

Leia mais notícias de Saúde no R7

Se você não tem tempo de tomar café da manhã, uma solução é um shake de frutas vermelhas, como morango, amora, framboesa, que são ricas em antioxidantes que estimulam o sistema imunológico.

— O mais importante são as polpas das frutas, pois mastigá-las aumenta a produção dos sucos gástricos, o que auxilia o processo de digestão e absorção de nutrientes.

Adicionar a casca é ainda melhor, porque, de acordo com a especialista, ajuda a reduzir o colesterol.

Para aqueles que argumentam que comer frutas os deixam inchados, a nutricionista tem um remédio.

— É melhor comer a fruta por volta de uma hora antes da refeição, ela contém açúcares simples, que não exigem muita digestão.

Ford continua:

— Outros alimentos, como os ricos em gordura, proteína e amido, permanecem por mais tempo no estômago, e tem uma digestão mais lenta. Por isso, se você comer frutas após a refeição, a frutose vai ficar por muito tempo no estômago, vai fermentar e causar distensão abdominal e flatulência.

Legumes para o lanche

Ford explica que figos secos e nozes são boas escolhas para comer entre as refeições.

O chef Javed Anand sugere usar suco de frutas ou de legumes para fazer um pão achatado, como pita ou o tradicional pão indiano Paratha.

— Em vez de adicionar água à massa, adicione o suco.

Anand complementa:

— Você pode adicionar manteiga, queijo ou pickles. Esta é uma ótima maneira de incluir legumes na massa.

Sopa para substituir o sanduiche

Sopa de agrião é uma escolha ideal para o almoço, explica Ford, pois é rica em ferro e magnésio.

No entanto, a nutricionista explica que, se você preferir um sanduíche, basta adicionar uma porção de folhas verdes escuras, como espinafre e agrião.

Se o problema da sopa é que dá a impressão de que não enche o estômago, você pode adicionar carne ou legumes a uma base vegetal.

O chef Mathew Pennington é um especialista em sopas à base de legumes, porque são fáceis de adaptar, desde que você mantenha as mesmas proporções.

— Para uma sopa para quatro ou seis pessoas, a base é sempre 500g de cebola, 250g de cenoura e 250g de aipo. Descasque e corte os legumes em cubos e misture em uma frigideira grande, em seguida cubra-os com água. Deixe ferver e cozinhe até que os legumes estejam macios. Tempere com sal e vinagre, e misture até ficar homogêneo. Você pode peneirar se quiser não quiser a sopa com pedaços.

Compota de frutas

Cozinhar a fruta lentamente usando especiarias ao em vez de açúcar também é uma boa maneira de melhorar o sabor do doce ou da compota.

— Eu amo peras e pêssegos cozidos em um pouco de água com anis estrelado e canela. Depois de cozido, retiro as frutas e adiciono um pouco de iogurte grego e açafrão.

Anand diz que o anis estrelado é uma espécie muito versátil e vai bem com todos os tipos de frutas. Uma outra dica é usar menta, que adiciona frescor a uma salada de frutas ou compota.

— Açafrão funciona bem com manga e laranja.

Além disso, diversos estudos sugerem que o ruibarbo contém níveis elevados de polifenóis, que protegem as células do organismo contra danos por radicais livres.

Pesquisadores da Sheffield Hallam University, na Inglaterra, descobriram que o ruibarbo cozido de forma lenta tem um maior teor de polifenóis do que em seu estado natural.

Assim, para uma sobremesa nutritiva ou um lanche com um alto teor de vitamina C, você pode fazer uma compota de ruibarbo com gengibre e suco de laranja.

— Maçãs e amoras cozidas vão muito bem com uma boa pitada de canela', diz Helen Ford. 'É uma deliciosa sobremesa saudável e cheia de vitaminas.

Varie as frutas e legumes

Uma das melhores maneiras de aproveitar ao máximo as cinco porções por dia é comer de acordo com as cores do arco-íris, ou seja, diferentes frutas e legumes.

— É muito importante ter uma dieta variada e experimentar pratos diferentes. Eu acho melhor comer uma variedade de frutas e legumes preparados de forma menos saudável, do que comer o mesmo legume favorito o tempo todo.

Javed Anand diz que o coco, que muitos acham pouco saudável, é muito bom para a pele e o cabelo. A chef recomenda cozinhar carne com leite de coco.

— Para mim, quanto mais variada a dieta, mais saudável você está.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Imagens fortes

Médicos retiram peixe vivo de intestino de homem em Londrina (PR)

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Tristeza

Após morte trágica de filho por uso de droga, pai publica vídeo comovente

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Aparelho com defeito

Lábio de modelo “derrete” após erro de dentista: “Pareço um monstro”

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Ebola

Mulheres que teriam morrido"ressuscitam" e causam medo e pânico na Libéria

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Superação

Mães não desistem de filhas com doença rara: "É uma luta que vale a pena"

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!