Saúde

28/12/2012 às 11h56 (Atualizado em 28/12/2012 às 12h00)

Farmacêuticas testavam medicamentos em pacientes da Alemanha oriental

Mais de 50 grupos ocidentais acordaram com o Ministério da Saúde para fazer 165 testes de medicamentos entre 1983 e 1989

Grupos farmacêuticos ocidentais testaram medicamentos nos anos 1980 em pacientes de hospitais da RDA (República Democrática da Alemanha), que nem sempre eram informados do fato. As informações são do jornal alemão "Tagespiegel", que cita documentos de arquivo.

À AFP uma colaboradora dos arquivos nacionais alemães confirmou a informação do artigo:

— Dispomos de documentos que demonstram que foram assinados contratos entre empresas farmacêuticas ocidentais e instituições da RDA para testar medicamentos.

Segundo o jornal alemão, que estudou detalhadamente os documentos, mais de 50 companhias ocidentais assinaram contratos com o então Ministério da Saúde da Alemanha Oriental para realizar 165 testes de medicamentos entre 1983 e 1989. Os testes poderiam fornecer até 860 mil marcos (a moeda da Alemanha Ocidental muito valorizada na RDA comunista), escreve o jornal.

Leia mais notícias de Saúde no R7

O jornal cita diferentes empresas da época, algumas das quais mudaram de nome depois de terem se fundido ou terem sido compradas: Bayer, Schering, Hoechst (integrada em Sanofi), Boehringer Ingelheim ou Godecke (atualmente Pfizer).

Os doentes não eram informados que serviam como cobaias, acrescenta o jornal, ao citar o caso de sete pacientes que afirmam que não estavam cientes de nada.

A televisão alemã regional MDR, que investigou o fato, cita, sobretudo, o caso de um paciente de 60 anos, Gerhard Lehrer, em cuidados intensivos depois de sofrer um infarto no hospital de Dresde em 1989.

Depois de ter tomado medicamentos "especiais", "que não eram comercializados", receitados por um médico no hospital, seu estado piorou ainda mais.

Esses comprimidos, cujos alguns exemplares foram conservados pela esposa de Lehrer, resultaram ser placebos para um estudo encomendado pela Hoechst, segundo testes de laboratório realizados a pedido da MDR.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Drama

Mulher relata morte do marido aos 39 anos com 400 kg; veja detalhes

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Batalha

Com marido e filho prestes a morrer, mulher luta para sustentar família

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Com medo do ebola

Familiares abandonam corpos de entes queridos nas ruas da Libéria

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Dor insuportável

Bactéria que come carne humana quase mata mulher após dar à luz

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Diversão

Super-heróis divertem crianças doentes em hospitais de São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!