Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Saúde

14/2/2013 às 13h39

França recebeu carne com fenilbutazona, diz Reino Unido

Agência Estado

Um medicamento para equinos que pode prejudicar a saúde de seres humanos foi encontrado em carcaças de cavalos exportadas do Reino Unido para a França e pode ter entrado na rede de distribuição de alimentos para seres humanos, disse o ministro da Agricultura do Reino Unido, David Heath, nesta quinta-feira.

Heath destacou, no entanto, que a droga fenilbutazona, que, em casos raros, pode causar doenças no sangue de seres humanos, não foi encontrada em testes realizado em produtos da Findus, empresa de alimentos envolvida no escândalo da carne de cavalo na Europa.

O ministro disse ao Parlamento que a Agência de Segurança Alimentar (FSA, na sigla em inglês) testou as carcaças de 206 cavalos abatidos no Reino Unido em busca de vestígios do medicamento.

"Oito deram positivo. Três podem ter entrado na rede de distribuição de alimentos na França. Os cinco restantes não entraram na rede alimentar", disse o ministro aos legisladores. "A FSA está trabalhando com as autoridades francesas em uma tentativa de fazer um recall da carne", acrescentou. "Os resultados dos testes em produtos alimentares da Findus deram negativo."

A FSA informou que está reunindo informações sobre as seis carcaças enviadas para a França depois de serem abatidas em Taunton, no sudoeste da Inglaterra. A agência acrescentou que os restantes dois cavalos não deixaram as instalações da High Peak Meat Exports, matadouro em Nantwich, no noroeste da Inglaterra, e já foram eliminados de acordo com as regras da União Europeia.

Supermercados em toda a Europa retiraram milhões de refeições prontas congeladas das prateleiras depois que testes revelaram que a carne rotulada como bovina continha grandes quantidades de carne equina. Algumas lasanhas Findus à venda no Reino Unido continham 100% de carne de cavalo.

A principal conselheira médica do governo britânico, Sally Davies, disse mais cedo que a carne equina contendo o medicamento anti-inflamatório fenilbutazona apresenta um risco muito baixo para a saúde humana.

"A fenilbutazona, conhecida como bute, é um medicamento comumente usado em cavalos e também é receitado a alguns pacientes que sofrem de uma forma grave de artrite", disse Sally.

A médica disse ainda que os pacientes que tomam fenilbutazona como medicamento podem ter efeitos secundários graves, mas ponderou que são raros. As informações são da Dow Jones.

Leticia Pakulski

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Higiene íntima

Cheiro ruim nas partes íntimas? Veja as causas e dicas para driblar o problema

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Câncer de mama

Mãe fica incapaz de amamentar após seis dias de dar à luz

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Saúde ocular

Ameba "come" olho de jovem que usou lente de contato por seis meses seguidos

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Tumor pesava 110 kg

Chinês passa por cirurgia para remover maior tumor do mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Relação a dois

Por que homens preferem fazer sexo de manhã e mulheres à noite?

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!