R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

25 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 05/09/2011 às 21h07:

Governo alerta sobre o risco de usar remédio
contra o diabetes para emagrecer

Nota ressalta uma lista de efeitos colaterais que vão de hipoglicemia à diarreia

Do R7

Publicidade

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgou nesta segunda-feira (5) uma nota em seu site um alerta sobre o uso inadequado de um medicamento indicado para o diabetes que vem sendo usado como emagrecedor.

O Victoza é um produto biológico, ou seja uma molécula de alta complexidade, de uso injetável, contendo a substância liraglutida, aprovado pela Anvisa para comercialização no Brasil em março de 2010. Em nota, a agência diz que “para o registro do produto na Anvisa, foram apresentados estudos clínicos que comprovaram eficácia e segurança do produto para uso específico como tratamento de diabetes tipo 2”.

- Portanto, a indicação de uso do medicamento aprovada pela Anvisa é como “adjuvante da dieta e atividade física para atingir o controle glicêmico em pacientes adultos com diabetes mellitus tipo 2, para administração uma vez ao dia como monoterapia ou como tratamento combinado com um ou mais antidiabéticos orais (metformina, sulfoniluréias ou uma tiazollidinediona), quando o tratamento anterior não proporciona um controle glicêmico adequado”.

Na mesma nota, a agência afirma que nos estudos clínicos do medicamento foram relatados eventos colaterais, sendo os mais freqüentes “hipoglicemia, dores de cabeça, náusea e diarreia”.

- Além destes eventos destacam-se outros riscos, tais como: pancreatite, desidratação e alteração da função renal e da tireóide.

A agência frisa que o remédio é indicado apenas para quem tem diabetes.

- Não foram apresentados a Anvisa estudos que comprovem qualquer grau de eficácia ou segurança do uso do produto Victoza para redução de peso e tratamento da obesidade.

Por fim, a Anvisa afirma não reconhecer “a indicação do Victoza para qualquer utilização terapêutica diferente da aprovada e afirma que o uso do produto para qualquer outra finalidade que não seja como anti-diabético caracteriza elevado risco sanitário para a saúde da população”.

 
Veja Relacionados:  anvisa, victoza
anvisa  victoza 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping