R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

24 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 27/04/2010 às 12h45:

Anvisa muda regras para
controlar consumo de suplementos

O objetivo é evitar que não atletas consumam os suplementos alimentares

Mariana Londres, do R7, em Brasília

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anunciou nesta terça-feira (27) novas regras para a comercialização de suplementos alimentares. A principal novidade da regulamentação é a mudança da categoria, antes chamada de ‘suplementos alimentares para praticantes de atividades físicas’ e que agora foi renomeada para ‘suplementos alimentares para atletas’.

Além disso, a agência determinou que, nos rótulos dos produtos, a indicação da categoria ‘suplementos alimentares para atletas’ deve ser de, no mínimo, um terço do tamanho do nome do produto ou marca.

O objetivo da agência com a nova regulamentação é evitar o uso indiscriminado dos suplementos alimentares, consumidos até agora sem muito critério, principalmente por freqüentadores de academias por todo o país. A regulamentação antiga podia induzir o consumidor ao erro já que falava em alimentos para praticantes de atividades físicas, ou seja, qualquer intensidade de exercício.

De acordo com a Anvisa, os suplementos alimentares para atletas só devem ser usados por quem pratica exercício de alto desempenho, ou seja, os atletas profissionais. Para o resto da população, uma dieta balanceada é suficiente. Além disso, segundo a agência, o uso dos suplementos alimentares pode trazer riscos, como o de engordar ou sobrecarregar rins e outros órgãos, a não ser que sejam indicados por um médico ou nutricionista. O órgão alerta ainda que esse tipo de alimento não deve ser ingerido por gestantes, crianças e idosos.

Apesar da sugestão da Anvisa, a agência não tem como controlar a venda e o consumo dos ‘suplementos alimentares para atletas’. Ela apenas fiscaliza se os produtos estão sendo vendidos dentro das categorias determinadas pela agência e seguindo as normas de rotulagem para cada produto. As empresas que não seguirem as normas podem ser multadas, ter produtos recolhidos e até ter licenças cassadas.

A nova regulamentação começa a valer após a publicação da resolução no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (28). As empresas terão 18 meses para se adequar às novas normas.

Saiba mais no vídeo abaixo:

 

 
Veja Relacionados:  Suplementos, creatina, atletas
Suplementos  creatina  atletas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping