R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 24/01/2012 às 09h19:

Consumo de energéticos dispara
no Brasil e coloca a saúde em risco

Quem abusa da bebida pode ter problemas no sistema cardiovascular

Agência Estado

Publicidade

O consumo de bebidas energéticas disparou no Brasil nos últimos anos, com um crescimento de 25% só de 2010 para 2011, segundo dados da Abir (Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas), justamente num momento em que vêm à tona alertas sobre o aumento de hospitalizações relacionadas ao produto em pelo menos dois países.

No Brasil, se a mistura da bebida com o álcool nas baladas já preocupava os médicos, agora o problema está na associação do produto a estilos de vida saudáveis.

Quem abusa desses compostos em busca de pique extra para aguentar uma agenda cheia demais pode colocar a saúde em risco.

O médico Fábio Sândoli de Brito, da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), diz que mesmo o energético puro é capaz de fazer estrago no sistema cardiovascular.

A bebida é contraindicada para pessoas que já têm problemas cardiovasculares.

- Para esse grupo, existe o risco de arritmia, que leva a um risco de morte súbita. Um jovem saudável, que tome energético esporadicamente, provavelmente não terá problemas. Mas pode ser que um homem de 45 ou 50 anos tenha um desempenho físico acima de sua competência física e passe a entrar em risco.


 
Veja Relacionados:  anergetico
anergetico 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping