R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 20/07/2012 às 11h18:

Clima mais frio da região Sul aumenta casos de gripe A

Infectologista diferencia os sintomas da gripe e do resfriado e ensina os
truques para driblar a doença

Fabiana Grillo, do R7*

Publicidade

Apesar de o Ministério da Saúde garantir que a gripe A está controlada no País, o número de casos continua crescendo, principalmente na região mais fria do Brasil. Até o momento, já são 123 mortes, - até esta sexta-feira (20), - em consequência do vírus H1N1. Desde janeiro deste ano, foram registrados mais de 1.600 casos nos Estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

De acordo com o infectologista Dr. Orlando Jorge Gomes, chefe do Serviço de Controle de Infecção do Hospital São Luís, em São Paulo, todos os tipos de gripe e quadros de doenças respiratórias agudas aumentam nesta estação devido ao clima frio e seco. São exatamente tais condições climáticas que ajudam o vírus a sobreviver mais tempo fora do organismo.

— Quanto mais rigoroso for o frio, maior é a chance de novos casos de gripe e doenças respiratórias. Isso já explica por que no Sul do País a disseminação do vírus é maior. Além disso, no inverno é comum as pessoas ficarem aglomeradas em locais mais fechados, como ônibus, metrô, shopping, o que também pode contribuir para a propagação da doença.

Mas, como nem sempre é possível evitar ambientes fechados, o médico ensina alguns truques para driblar o vírus e afastar o risco de contrair gripes e resfriados.

— Os bons hábitos de higiene, entre eles lavar bem as mãos várias vezes por dia e usar lenço de papel ao tossir ou espirrar, são fundamentais para prevenir gripes e resfriados. Além disso, é importante evitar o contato com pessoas doentes e compartilhar os mesmos objetos. Especialmente em locais públicos, vale sempre usar o álcool em gel. 

Aprenda a diferenciar a gripe do resfriado
Poá x Animal Print
É uma infecção do sistema respiratório provocada pelo vírus influenza. Se não for tratada corretamente pode progredir para a pneumonia. Definição É uma infecção simples do trato respiratório superior (nariz e garganta) causada por vários tipos de vírus, sendo o rinovírus o mais comum.

Febre alta (em geral acima dos 38° C), dor no corpo, mal-estar, dores musculares, tosse com catarro, coriza, dor de garganta e de cabeça.

Sintomas Os mais comuns são nariz escorrendo e espirros. No entanto, sintomas como tosse seca, febre baixa e dor de cabeça leve também podem aparecer.
Pode durar até duas semanas (14 dias) Tempo de duração Geralmente dura de 5 a 7 dias

O tratamento é direcionado ao alívio dos sintomas, ou seja, analgésicos e antitérmicos são usados para amenizar a dor e a febre. Em alguns casos, a inalação também é recomendada.

Especificamente para a gripe A, é indicado o Tamiflu (oseltamivir).
Tratamento Bastante repouso e hidratação com água. O uso de analgésicos e antitérmicos também podem ajudar a amenizar os sintomas.
A melhor forma de prevenção contra a gripe é tomar a vacina todos os anos. Prevenção Como a vacina não previne o resfriado, a recomendação é manter a boa higiene, seguir uma alimentação balanceada e praticar atividade física.
  Fotos: Getty Images  

*Colaborou Camila Savioli, estagiária do R7

Quer ler mais notícias? Clique aqui
Leia mais notícias de Tecnologia no R7
Leia mais notícias de Saúde no R7
Faça seu e-mail @R7. É grátis!
Venha para o R7 Banda Larga!

 
Veja Relacionados:  gripe A
gripe A 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping