R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

28 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 21/06/2011 às 16h10:

Metade das crianças já tomou vacina contra o sarampo

Campanha de combate à doença vai até o dia 22 de julho em oito Estados

Do R7

Publicidade

Pouco mais da metade das crianças que devem se vacinar contra o sarampo já tomaram a dose, segundo um balanço divulgado nesta terça-feira (21) pelo Ministério da Saúde – uma campanha de prevenção à doença começou em oito Estados no último sábado (18), com o objetivo de vacinar 95% das crianças com idade entre um ano e seis anos de idade.

A campanha vacinação contra o sarampo continua até o dia 22 de julho nos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. O objetivo é vacinar 10,2 milhões de crianças nesses Estados e, até agora, 5,7 milhões de pequenos tomaram a dose, o que significa 56,26% do público-alvo.

O Estado com maior cobertura até agora é São Paulo, com 68,87% das crianças vacinadas. Depois aparecem Alagoas (63,3%) e Minas Gerais (62,14%). O Estado com menor índice de vacinação é o Ceará, com 35,34% das crianças vacinadas.

A vacinação contra o sarampo é importante em razão de estar havendo um surto da doença na Europa. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), até abril deste ano 33 países do continente informaram ter, no total, 6.500 casos da doença neste ano. Só a França teve 5.000 casos da doença. A ideia é proteger melhor os brasileiros antes do período de férias.

De acordo com o Ministério da Saúde, esses Estados foram escolhidos para a primeira fase da campanha porque têm maior fluxo turístico, alta densidade populacional e baixa cobertura vacinal nos últimos anos. Os outros Estados vão fazer campanhas de vacinação contra a doença em um segundo momento, de 13 de agosto a 16 de setembro deste ano.

A última grande campanha de vacinação contra o sarampo foi realizada em 2004, então o governo quer aumentar a cobertura vacinal entre as crianças que nasceram nesse período e podem não ter se imunizado contra a doença em vacinações de rotina. Caso menos de 95% das pessoas não estejam protegidas contra a doença, há riscos para o país.

Por causa desse surto na Europa, o governo também recomenda que pessoas que forem viajar para o exterior estejam com a vacinação em dia. O indicado é ir até um posto de vacinação e tomar a dose contra o sarampo ao menos 15 dias antes da viagem.

O sarampo é altamente contagioso e pode ser transmitido de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. A doença pode causar febre, tosse, coriza, diarreia, exantema (manchas avermelhadas na pele) e conjuntivite. O vírus também pode causar pneumonia, levando o paciente à morte.

No caso da poliomielite, que pode causar paralisia infantil, que também teve uma campanha de vacinação no último sábado, o índice de crianças que receberam a dose é maior. O balanço aponta que mais de 10,4 milhões de crianças foram vacinadas, o que corresponde a 73,92% do público-alvo – o ideal é vacinar 95%.

O Ministério da Saúde recomenda aos Estados e municípios que não atingiram a meta continuar a vacinação até chegar ao percentual de 95%.


 
Veja Relacionados:  Sarampo
Sarampo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping