R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 18/05/2010 às 06h00:

Saiba quais sinais podem indicar
que uma criança sofreu abuso sexual

Gestos e desenhos são importantes para revelar o tipo de violência

Diego Junqueira, do R7

Crianças que foram abusadas sexualmente sofrem mudanças em seu comportamento como agressividade, dificuldades de relacionamento e isolamento. Entretanto, os especialistas consultados pelo R7 afirmam que esses sintomas podem significar qualquer tipo de violência sofrida na infância. Por isso eles aconselham aos pais para que fiquem atentos a um conjunto de outros sinais, como gestos, brincadeiras e desenhos, para saber se seus filhos estão sofrendo algum tipo de violência.

Segundo a psicóloga Lis Arantes Radicchi, especialista em saúde mental, as crianças que sofrem qualquer tipo de violência, seja abuso sexual ou não, terão consequências em várias áreas de seu desenvolvimento, acarretando alterações de comportamento na escola, na família e na comunidade.

Lis, que é também psicóloga do Disque-Denúncia Nacional, ligado à Secretaria Especial dos Direitos Humanos, afirma que existem alguns sintomas comuns da criança violentada, como insônia, falta ou excesso de sono, medo aparentemente infundado, pesadelos, tremores noturnos, ganho ou perda de peso, agressividade e atitudes como morder, chutar, gritar e chorar.

Além disso, ela indica que as crianças podem expressar intolerância com colegas de escola e com pessoas da comunidade, ter dificuldades de concentração, aprendizado e de relacionamento. Em alguns casos, as crianças extrovertidas podem ficar mais caladas, ou vice-versa.

Entretanto, a psicóloga ressalta que a presença desses sintomas não significa que a criança sofreu um abuso sexual.

- Isso pode ser um sinal de qualquer tipo de violência ou distúrbio que ela vivenciou.

Raphael Boëchat Barros, professor de Psiquiatria da Unb (Universidade de Brasília), acrescenta que os gestos e os desenhos também são muito importantes para que os pais possam descobrir o que acontece com seus filhos.

- A linguagem da criança não é tão verbal. Vale a pena prestar a atenção no comportamento, nas brincadeiras, em jogos e desenhos, porque é comum o isolamento. É nessas situações [de isolamento] que ela pode manifestar o abuso.

Contudo, a psicóloga aponta alguns sinais mais graves que podem indicar um abuso sexual. Algumas crianças chegam a desenhar a genitália do abusador, como imagens de homens com o pênis ereto e com pelos pubianos.

- Isso é um sinal de abuso. Como a criança pode ter visto um pênis ereto e com pelos?

Lis conta também que as crianças podem a passar a sentir medo de adultos de um sexo específico, já que se perdeu a confiança nos mais velhos. Existem ainda casos em que crianças tiram suas roupas e até se masturbam. 

- As crianças brincam mesmo, mas os adultos precisam ficar atentos que algumas de suas atitudes reproduzem o que aconteceu com elas. Esses gestos são também uma forma de denunciar. O sinal isolado não quer dizer muita coisa, mas tem que ser pensado em conjunto.

É possível identificar o pedófilo?

Pedofilia não é crime, mas, sim, uma doença – o crime praticado por pedófilos e por não pedófilos é o abuso sexual de crianças.

Segundo Daniel Martins de Barros, médico psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, é muito difícil identificar que uma pessoa tenha essa doença, já que se trata da esfera dos desejos, que podem não ser percebidos pelas pessoas próximas.

- Não dá pra identificar os sinais porque, senão, vira meio paranoico. O fato de um sujeito estar sempre com a criança, sempre perto delas, não significa nada.

De acordo com Lis, os pedófilos são, em grande parte, pessoas que sofreram abusos sexuais quando eram crianças. Por isso, essas pessoas acabam desenvolvendo sua sexualidade precocemente, ficando marcadas pelo abuso.

A psicóloga ainda conta que alguns pedófilos elegem seus alvos entre crianças com características que se assemelham ao próprio abusador quando criança.

- Principalmente características psicológicas, mas, em alguns casos, os pedófilos escolhem crianças com traços físicos parecidos com eles mesmos durante a infância. Muitos pedófilos relatam que, quando a criança começa a apresentar sinais de puberdade, como a presença de pelos, eles acabam perdendo o interesse.

Contudo, os especialistas ressaltam que não existe um perfil de pedófilo. Ainda que alguns sintomas, como dificuldades de relacionamento e introversão, possam ser apontados, isso não deve ser assumido como um padrão.

- O abusador de criança pode ser qualquer sujeito. Existem os que são exclusivos, que só sentem prazer com criança, e os não exclusivos, que também se relacionam com adultos.

Para a psicóloga do Disque-Denúncia, não adianta apenas prender o sujeito que cometeu esse crime sem oferecer um tratamento adequado para ele, para a criança e para as famílias envolvidas.

- Além de ser preso, ele precisa do tratamento, ou pode ocorrer uma reincidência do crime.

 
Veja Relacionados:  pedofilia, crianças, infância, sintomas, pedófilo
pedofilia  crianças  infância  sintomas  pedófilo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00