R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

31 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 09/05/2010 às 06h00:

Saiba qual a forma correta de ganhar peso na gravidez

Mantenha uma dieta de nutrientes equilibrada, mas coma sem neurose

Camila Neumam, do R7

Ganhar peso na gravidez faz parte, pois a mãe tem de alimentar o bebê, além dela própria. No entanto, a velha história de “comer por dois” não deve ser levada em conta, de acordo com os médicos consultados pelo R7. Ao contrário, há um limite de engorda considerado saudável e ultrapassá-lo pode significar problemas de saúde para a mãe e o bebê.

Não há um número certo de quilos que cada gestante deve ganhar, pois cada caso é um, mas um cálculo médio baseado no peso dela logo no início da gestação.

De acordo com o ginecologista e obstetra Abner Lobão Neto, do Departamento de Obstetrícia, Ginecologia e Pré-natal personalizado da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), ganhar entre 10 e 12 quilos é o indicado para mulheres que estejam com o peso normal - IMC (Índice de Massa Corpórea, que associa peso e altura) de 18,5 a 24,9. Menos do que isso significa baixo peso e acima sobrepeso. De 30 para cima já corresponde à obesidade.

Para tanto, não há segredo. O importante é a gestante seguir uma dieta alimentar rica em nutrientes, comendo de tudo: carboidratos, proteínas, gorduras e açúcares, sem exageros. Segundo Neto, a ingestão calórica aumenta em média 30% da que a mulher tinha antes.

- Basta manter uma dieta equilibrada de nutrientes, evitando comer muito carboidrato ou proteína de uma vez. É indicado um aumento de 400g por mês nos primeiros meses.

Gravidez não combina com neurose 

Para as que estavam abaixo do peso ideal, ela pode ganhar, em média, até 16 quilos, considerando a diferença do peso que tinha até chegar ao indicado para sua estatura, mais o ganho na gravidez. Porém, entre este grupo, é notável a vontade de permanecer magra durante a gravidez o que, em casos extremos, pode fazer mulheres deixarem de comer conforme necessário, ou manter a “saladinha com grelhado”, criando riscos.

Para o ginecologista e obstetra, Eduardo Zlotnik, do Hospital Albert Einstein, gravidez não combina com neurose.

- Se ela não ganhar o peso normal existe um risco do bebê não crescer o que deveria. Se a mulher ganhar 11 quilos, tirando o peso do neném, o resto é o que a natureza quer que ela engorde. O organismo tem que ganhar energia para o parto também.

Nem mesmo optar por um spa, como fez a apresentadora Adriane Galisteu recentemente é necessário, de acordo com Zlotnik

- O spa não é recomendado. Deixar de comer para não engordar durante a gravidez é um erro, além de ser prejudicial.

Já entre as mulheres com sobrepeso e obesas, deve-se considerar um ganhode peso bem menor, no máximo sete quilos, e uma dieta bem menos calórica do que a feita diariamente antes da gravidez, segundo Neto.

Clique aqui para saber mais sobre a gravidez com obesidade.

Veja Relacionados:  gravidez, dieta
gravidez  dieta 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping