R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

26 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Saúde/Notícias

Icone de Saúde Saúde

publicado em 09/01/2010 às 06h00:

Serviços por telefone informam cidadãos sobre saúde

Número do Instituto do Câncer de São Paulo recebe cerca de 2,4 mil ligações por mês

Do R7

Serviços de saúde por telefone ajudam a população a tomar as primeiras medidas antes de procurar um médico e, em alguns casos, até resolvem o problema sem a necessidade de uma consulta. A cada dia, milhares de ligações são atendidas por agentes de saúde. A prática se torna cada vez mais difundida.

Um exemplo é o Alô, Enfermeiro, criado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo e disponível somente para os pacientes que passam por tratamento, para tirarem dúvidas sobre a doença sem precisar sair de casa. O serviço recebe cerca de 2,4 mil telefonemas a cada mês, a maior parte delas para responder dúvidas relacionadas ao uso de medicamentos e rotinas hospitalares. A novidade é que o serviço passa a ser 24 horas a partir de 2010. Antes disso, funciona apenas das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira.

Outro serviço de referência no Brasil é o 0800 do Igeim (Instituto de Genética e Erros Inatos do Metabolismo), ligado à Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). O número ajuda médicos a diagnosticar erros inatos do metabolismo, distúrbios hereditários que afetam o funcionamento das células. O assunto é específico e carece de informações claras em hospitais e universidades, de acordo com Ana Maria Martins, idealizadora do projeto. Segundo ela, estima-se a existência de cerca de 550 erros inatos do metabolismo conhecidos, e as doenças atingem um a cada 2,5 mil nascidos vivos.

O atendimento por telefone a pacientes também é usado largamente por departamentos do Ministério da Saúde. O serviço mais recente de 0800 foi incorporado à Campanha Nacional de Combate ao Crack, criada e divulgada pelo ministério nos principais meios de comunicação do país desde dezembro. O atendimento por telefone, com instruções sobre como o usuário pode recorrer a ferramentas do SUS (Sistema Único de Saúde) para enfrentar o vício, deve permanecer ativo até a data prevista para o fim da campanha, 31 de janeiro.

O Ministério da Saúde também tem outros serviços de contato telefônico, como o Disque Saúde e o SAC SUS, ferramentas que ampliam o acesso a informações sobre a rede pública de saúde no Brasil. O embrião do Disque Saúde foi o Pergunte Aids, criado em 1996 para orientar sobre assuntos relacionados às doenças sexualmente transmissíveis de maneira geral. Depois, o serviço foi ampliado de maneira a informar sobre outras ações e políticas de saúde.

A partir de parcerias com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o Ministério da Saúde elaborou outros serviços de atendimento telefônico. É o caso do Disque Pare de Fumar, do Disque Saúde da Mulher de do Disque Medicamentos.

O Departamento de Ouvidoria Geral do SUS possibilitou a unificação de todos os serviços, disponíveis por meio do número 0800 61 1997. Já o Disque Saúde da Mulher funciona com número próprio, o 180.

Veja Relacionados:  Saúde,Telefone,Serviço
Saúde  Telefone  Serviço 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping