Pessoas obesas suportam mais o frio, diz especialista

Médico aponta que brasileiros com descendências europeias são mais bem adaptados ao frio

Algumas pessoas sentem mais frio do que as outras
Algumas pessoas sentem mais frio do que as outras Antônio More/Agência de Notícias Gazeta do Povo/Estadão Conteúdo

Pessoas com uma camada de gordura maior suportam mais o frio, aponta o infectologista Paulo Olzoni, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). De acordo com o especialista, algumas pessoas sentem mais frio que outras.

— A gordura produz maior calor interno, que diminui a sensação de frio. 

Segundo o médico, algumas características fazem com que uns sintam mais frio do que os outros.

— A idade é um dos fatores. Quanto mais velho, maior a dificuldade de controlar a temperatura do corpo, logo maior facilidade em sentir frio.

Suecos colocam bebês para tirar soneca em frio abaixo de zero

O especialista também explica que brasileiros com descendências europeias também são mais bem adaptados ao frio, por conta da genética. 

Doenças

Nessa época do ano, com o tempo mais seco e frio, é comum que crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas fiquem mais suscetíveis as doenças respiratórias infecciosas, inflamatórias e alérgicas transmitidas pelo ar. Entre as causas está o fato de as pessoas ficarem cada vez mais próximas e em ambientes fechados, além da baixa umidade do ar típica da estação.

De acordo com a pneumologista pediátrica, Beatriz Barbisan, do departamento de Pneumologia da Unifesp, o paciente está predisposto a contrair resfriado, gripe, sinusite, otite (inflamação no ouvido) e, até mesmo, pneumonia viral.

Assista ao vídeo: