Sobe para 1.271 os casos confirmados de microcefalia no Brasil; 267 morreram

Dados do Ministério da Saúde apontam que 203 tiveram confirmação de zika

Do R7

No total, foram notificados 7.343 casos suspeitos desde o início das investigações JC Imagem/Folhapress

Subiu para 1.271 o número de casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita, em todo o Brasil, de acordo com balanço divulgado nesta quarta-feira (4) pelo Ministério da Saúde.

Dos casos confirmados, 203 tiveram confirmação laboratorial para o vírus zika. Porém, que esse dado não representa, adequadamente, a totalidade do número de casos relacionados ao vírus. Segundo a pasta, houve infecção pelo zika na maior parte das mães que tiveram bebês com diagnóstico final de microcefalia.

No total, foram notificados 7.343 casos suspeitos desde o início das investigações, em outubro de 2015, sendo que 2.492 foram descartados. Outros 3.580 estão em fase de investigação. 

Em todo o Brasil, os 1.271 casos confirmados ocorreram em 470 municípios, de 25 Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, além de São Paulo que registrou oito casos da doença ao Ministério da Saúde, sendo um com confirmação laboratorial para Zika.

No mesmo período, foram registrados 267 mortes suspeitas de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação (abortamento ou natimorto) no país. Destes, 57 foram confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central. Outros 178 continuam em investigação e 32 foram descartados. Já os 2.492 casos foram descartados por apresentarem exames normais, ou apresentarem microcefalias e/ou alterações no sistema nervoso central por causas não infeciosas.

  • Espalhe por aí:

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!