Professor brasileiro é premiado em programa para educadores da Microsoft

Francisco Tupy usa jogos como Minecraft em suas aulas

Reprodução

Um professor brasileiro Francisco Tupy foi premiado pelo programa Educator Exchange, promovido pela Microsoft e realizado em Seatle (EUA) no último mês. O evento reuniu educadores de todo o mundo com o objetivo de promover o uso da tecnologia na didática das escolas.

O projeto do brasileiro passou por duas seleções até que ele fosse escolhido para visitar a empresa em um grupo de 300 educadores de várias partes do mundo. Professor da diciplina de Tecnologia educacional e oficina de games, Tupy usa Minecraft e outros jogos durante suas aulas, dentre outras técnicas.

O ensino do futuro chegou: professores usam Facebook e games em aulas

O professor comenta que pode participar de uma palestra ministrada por Satya Nadella, CEO da Microsoft, além de participar do desafio Educator Challenge, no qual equipes formadas por membros de cada continentes criavam planos de aula usando tecnologia.

Ao lado de representantes da China, Bulgária, Inglaterra e Dubai, Tupy realizou o plano que foi premiado e escolhido o melhor pitching de projeto.

— É essencial converter o interesse das crianças nos games para dentro da sala de aula, levando ao aprendizado da teoria. A tecnologia tem que servir como ponte, sendo o aluno capacitado para dominá-la em seu benefício, e não o contrário.

O brasileiro, que fez um cosplay do famoso personagem de Minecraft também foi destaque nas redes sociais da empresa.