Bahia "Não quero ver meu filho morto", diz mãe que acorrentou filho de 14 anos viciado em crack dentro do quarto

"Não quero ver meu filho morto", diz mãe que acorrentou filho de 14 anos viciado em crack dentro do quarto

Mulher acorrentou adolescente pelo braço com uma corrente à grade da janela do quarto

Mãe pede ajuda para filhos largar as drogas

Mãe pede ajuda para filhos largar as drogas

Reprodução/Record TV Itapoan

O desespero levou uma família a acorrentar o filho de 14 anos dentro do quarto no município de Alagoinhas, no interior da Bahia. O adolescente é viciado em crack e os pais pedem um tratamento para evitar que o menino continue a usar a droga.

Leia mais notícias no R7 BA

Experimente grátis toda a programação da Record no R7 Play

A mãe, Jocineia Santos Brito, teme pela vida do adolescente, que começou a se drogar aos 12 anos.

— Não sei mais a quem eu peço, eu não sei mais o que fazer por ele, não sei mais aonde vou. Ele precisa de ajuda, eu estou aqui correndo, pedindo, implorando, pedindo socorro, pra que alguém ajude [...] não quero ver meu filho morto.

Em um vídeo postado nas redes sociais pela irmã do garoto, é possível ver o adolescente preso com uma corrente à grade da janela. A decisão de acorrentar o menino foi da mãe, que não sabe mais o que fazer para que o filho largue o vício.

A família começou a desconfiar que o menino estava se drogando quando dinheiro e objetos começaram a sumir da casa. O pai do menino, Joedson Conceição Santos, contou que a mulher tem um bar e todos os dias os clientes reclamam de que o adolescente está os roubando para sustentar o vício.

Dois dias após ser acorrentado pela mãe, o adolescente conseguiu quebrar a corrente e a grade da janela e fugir de casa.

Últimas