BioNTech vai receber financiamento alemão para financiar vacina

Farmacêutica desenvolve imunizante contra a covid-19 junto a Pfizer, que realiza testes no Brasil; governo alemão disponibilizou R$ 2,3 milhões

Financiamento ajuda a BioNTech a desenvolver oito etapas do desenvolvimento da vacina

Financiamento ajuda a BioNTech a desenvolver oito etapas do desenvolvimento da vacina

Divulgação/Pfizer

A BioNTech anunciou nesta terça-feira (15), que vai receber até 375 milhões de euros (cerca de R$ 2,3 milhões) do governo alemão para financiar a possível vacina contra a codiv-19 que está desenvolvendo numa parceria com a americana Pfizer e a chinesa Fosun Pharma. Em reação à notícia, o ADR da BioNTech subia 3,7% nos negócios do pré-mercado em Nova York por volta das 8h20 (de Brasília).

O financiamento dependerá do cumprimento de oito etapas de desenvolvimento, cinco das quais o projeto da BioNTech já efetivou, segundo comunicado da empresa alemã de biotecnologia. A BioNTech irá usar os recursos para cobrir despesas de desenvolvimento. Já a Pfizer continuará financiando sua parcela dos gastos de forma independente.

Leia também: Testes da vacina de Oxford seguem suspensos nos EUA

Mais de 28 mil voluntários participam da fase 3 de testes clínicos da vacina, uma de várias possíveis imunizações contra o novo coronavírus que atingiram esse estágio de desenvolvimento no mundo.