Serra1 Por onde anda o candidato tucano José Serra?
Mais uma vez candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra sumiu. Alguém tem notícias dele? A três meses das eleições, não se ouve falar do líder nas pesquisas — nem sobre o que ele anda fazendo, muito menos sobre o que pensa.

Em meio à agitação provocada nestes últimos dias na campanha eleitoral paulistana pela inesperada aliança entre o PT de Lula e o PP de Paulo Maluf, que parecia fechado com os tucanos quando pulou para o barco de Fernando Haddad, os outros candidatos sumiram do noticiário.

Só se trata da patética foto de Lula com Maluf, um prato cheio para a imprensa aliada de Serra, da desistência de Luiza Erundina e da desesperada busca do PT por um outro vice. O próprio Haddad só aparece no jogo como gandula. Nunca tinha visto uma campanha como esta, com candidatos apenas virtuais.

Só me lembrei de Serra ao ler o principal editorial da Folha desta quinta-feira. No destaque (ou olho no jargão jornalístico) aparece o nome dele: "Imagem reunindo Maluf, Lula e Haddad resume a deterioração dos costumes políticos brasileiros; Serra também poderia figurar nela."

Até estranhei a ousadia do autor do editorial, que trata do leilão público do tempo de TV promovido pelo criador do malufismo, ressuscitado pelos adversários nesta eleição, e até lembra o controle que o PP já exerce na área de habitação do governo estadual.

Maluf queria mais do governador Geraldo Alckmin, que costura as alianças de Serra, não levou, e caiu nos braços dos seus antigos desafetos do PT.

De vez em quando, o nome do candidato tucano ainda surgia em alguma das reuniões em ambientes fechados que andou fazendo nas sedes distritais da Associação Comercial de São Paulo, uma tradicional aliada do seu esquema político, para logo em seguida submergir novamente.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do candidato apoiado pelo prefeito Gilberto Kassab pode enviar aqui para o Balaio. Nossos leitores agradecem.

http://r7.com/dMdd