Brasil Acusação chama líderes do MBL, Vem Pra Rua e servidora do Tesouro para assistir defesa de Dilma no Senado

Acusação chama líderes do MBL, Vem Pra Rua e servidora do Tesouro para assistir defesa de Dilma no Senado

Autores do processo de impeachment também convidaram advogados e jornalistas

Acusação chama líderes do MBL, Vem Pra Rua e servidora do Tesouro para assistir defesa de Dilma no Senado

Dilma Rousseff vai se defender pessoalmente no Senado Federal

Dilma Rousseff vai se defender pessoalmente no Senado Federal

Roberto Stuckert Filho/05.08.2016/PR

O grupo que acusa a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) pelo crime de responsabilidade em decorrência das "pedaladas fiscais" convidou para a sessão do impeachment nesta segunda-feira (29) o líder do movimento Vem Pra Rua, Rogério Chequer; o coordenador do MBL (Movimento Brasil Livre) Kim Kataguiri; e a filha do jurista e um dos autores do processo contra Dilma, Hélio Bicudo, Maria Lucia Bicudo.

A lista ainda tem vários advogados, jornalistas e até uma servidora licenciada da Secretaria do Tesouro Nacional e perita-assistente da acusação no processo de impeachment.

A presidente afastada terá 30 minutos para discursar no plenário da Casa, prazo que poderá ser prorrogado pelo presidente do processo de impeachment e o chefe do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Ricardo Lewandowski.

Lula e Chico Buarque vão ao Senado para sessão com Dilma

Leia mais notícias de Brasil e Política

Após a manifestação, Dilma poderá responder às perguntas do presidente da Suprema Corte, dos senadores e dos advogados de defesa e acusação.

A primeira a interrogar a presidente afastada será a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Pelas regras, cada senador terá cinco minutos para fazer a pergunta a Dilma Rousseff, mas sem direito a réplica ou tréplica.

Assista à reportagem sobre o processo de impeachment:

Veja a lista completa:

- Carla Zambelli Salgado, porta-voz do movimento Nas Ruas

- Rogério Chequer Ramalho Rocha, líder do movimento Vem pra Rua

- Maria Lucia Pereira Wilken Bicudo, filha do jurista Hélio Bicudo, um dos autores do pedido de impeachment

- Beatriz Kicis Torrents de Sordi, procuradora do Ministério Público Federal no DF aposentada e integrante do grupo Revoltados Online. Foi uma das autoras de um dos pedidos de impeachment do procurador-geral da República, Rodrigo Janot

- Claudia de Faria Castro, advogada. Foi uma das autoras de um dos pedidos de impeachment do procurador-geral da República, Rodrigo Janot

- Josie de Assis Brasil Gonzalez, advogada

- Kelly Christine Oliveira, advogada

- Katia Bizzotto Petrin

- Dennis Henrique Possani Ribeiro

- Patricia Bueno Netto, advogada

- Aurélio de Macedo Rodrigues

- Joice Cristina Hasselmann, jornalista

- Fernando Silva Bispo, conhecido como Fernando Holiday, integrante do Movimento Brasil Livre (MBL)

- Kim Patroca Kataguiri, líder do MBL

- Ana Paula Conti Bastos

- Ricardo Honorato Ribeiro

- Carlos José Fonseca Torquato Júnior

- Roberta Monteiro de Almeida

- Selene Peres Peres Nunes, servidora licenciada da Secretaria do Tesouro Nacional e perita assistente da acusação no processo de impeachment

- Jailton Almeida do Nascimento

- Maria Luisa Furtado de Moura Guido

- Stelson Santos Ponce de Azevedo

- Solange Souza Santos

- Luiz Phillipe de Orleans e Bragança, líder do grupo Acordo Brasil e membro da família real do Brasil

- Nilton Masi Caccáos Junior, integrante da loja maçônica Grande Oriente Paulista

- Renan Antonio Ferreira dos Santos, integrante do MBL

- Hugo Cunha Goldfeld

- Osmar Pereira de Barros Filho

- Marcelo Coelho Souza de Oliveira

- Marco Aurelio Chagas Martorelli, advogado