Brasil Aécio Neves ataca tentativa governista de incluir caso Alstom em CPI da Petrobras 

Aécio Neves ataca tentativa governista de incluir caso Alstom em CPI da Petrobras 

Pré-candidato tucano à presidência afirma que proposta 'beira o ridículo'

O presidente do PSDB e pré-candidato à presidência, Aécio Neves, atacou, nesta sexta-feira (28), a tentativa do governo de incluir o caso Alstom na CPI da Petrobras.

“Há muito tempo não se via no Brasil um governo tão frágil técnica e politicamente”, afirmou Aécio, em nota enviada pela assessoria de comunicação do PSDB em Minas.

Após a oposição conseguir as assinatura para instaurar a CPI sobre as recentes denúncias sobre a compra da refinaria Passadena pela estatal, o líder do PT na Câmara, Vicentinho (PT), afirmou que a base governista aceitaria a comissão caso o foco das apurações incluísse também o cartel dos trens em São Paulo, que atuou durante governo tucano.

“Essa tentativa de desviar o foco das investigações da CPI da Petrobras beira o ridículo”, afirmou Aécio. “Isso significa uma clara confissão de culpa. Não há uma liderança sequer do governo que hoje defenda as atitudes da então presidente do Conselho da Petrobras e hoje presidente da República. Repito o que tenho dito: o governo Dilma vive seus estertores.”

Últimas