Brasil Após cinco anos e oito meses, Dilma deixa o Alvorada

Após cinco anos e oito meses, Dilma deixa o Alvorada

Ainda não há informações sobre mudança de Temer para a residência oficial da Presidência

Após cinco anos e oito meses, Dilma deixa o Alvorada

Ao sair do Alvorada, Dilma Rousseff parou, saiu do carro e foi conversar com apoiadores. Ela recebeu rosas

Ao sair do Alvorada, Dilma Rousseff parou, saiu do carro e foi conversar com apoiadores. Ela recebeu rosas

André Dusek/Estadão Conteúdo

Após cinco anos e oito meses, Dilma Rousseff deixou o Palácio da Alvorada às 15h30 desta terça-feira (6), quando saiu em comitiva para a Base Aérea de Brasília, de onde embarca para Porto Alegre em avião da FAB. A saída marca o fim da presença petista no local, que se encerra após 13 anos no poder. 

O presidente Michel Temer segue morando no Palácio do Jaburu, a poucos metros do Alvorada. Ainda não há data para a mudança dele e da família, Marcela e o filho Michel, para o Alvorada. Interlocutores acreditam que a mudança aconteça, já que o Jaburu, pela sua arquitetura, proporciona pouca privacidade à familia quando Temer tem encontros políticos na residência. 

Leia mais notícias de Brasil e Política

A mudança da ex-presidente seguirá em caminhões. Desde ontem à noite era intensa a movimentação de caminhões no palácio. O destino da ex-presidente é o antigo apartamento em Porto Alegre, a poucos metros das margens do Guaíba, no bairro de classe média Tristeza.

Para a despedida, movimentos sociais marcaram um 'abraçaço pela democracia' na porta da residência. Ao passar pelo local, os carros da comitiva foram saudados por apoiadores. Ao passar pelo local, Dilma desceu do carro e foi conversar com os apoiadores. Ela recebeu rosas. 

Pela lei, Dilma teria até um mês para deixar a residência oficial. Mesmo tendo sido afastada do governo na última quarta-feira (31), Dilma Rousseff pode levar os objetos que ganhou no exercício da Presidência, desde que os presentes não tenham sido recebidos em cerimônias oficiais. Ela pode levar objetos que ganhou da população, por exemplo, e pessoais, como livros e a bicicleta que usou para os passeios perto do Alvorada e também em Porto Alegre, quando estava de folga.

Apartamento de Dilma em Porto Alegre fica no bairro Tristeza

Apartamento de Dilma em Porto Alegre fica no bairro Tristeza

Google maps

A ex-presidente também terá direito a um pequeno núcleo de servidores. O mesmo efetivo disponível a todos os ex-presidentes. São seis servidores, quatro para apoio pessoal e segurança e dois motoristas. Também terá à disposição dois carros oficiais e verba para os gastos com os carros. Tudo pago pela Presidência. A mudança também é um direito de Dilma. Ela será transportada a Porto Alegre em avião da FAB (Força Aérea Brasileira).

Além do apartamento no bairro Tristeza, Dilma mantém outros dois imóveis na capital gaúcha, uma casa no Menino Deus, alugada para uma lavanderia, e um apartamento em Higienópolis. Também constam na sua última declaração de bens apresentada à Justiça Eleitoral um apartamento no Centro de Belo Horizonte e dois terrenos em um condomínio em Porto Alegre.

A mãe de Dilma, dona Dilma Jane, que morou no Alvorada durante todo o tempo em que Dilma ocupou a Presidência, tem um apartamento em Ipanema, no Rio de Janeiro. A ex-presidente, no entanto, não irá se mudar para este imóvel, como foi noticiado por alguns jornais brasileiros.

Assessores próximos a Dilma confirmam que o imóvel é de Dilma Jane, mas negam que a ex-presidente irá morar lá. Não há confirmação de onde a mãe da ex-presidente irá morar. Dilma Jane tem 93 anos e foi internada várias vezes nos últimos seis anos, por diferentes motivos, pneumonia, dificuldade para respirar e quadro pré-isquêmico.