Coronavírus

Brasil Após parar produção, Fiocruz entrega hoje 5,3 milhões de vacinas

Após parar produção, Fiocruz entrega hoje 5,3 milhões de vacinas

Chegada de insumos da China está prevista para este sábado (22). Com isso, produção será retomada na terça-feira (25)

  • Brasil | Do R7

Vacina produzida pela Fiocruz, em parceria com a AstraZeneca/Oxford

Vacina produzida pela Fiocruz, em parceria com a AstraZeneca/Oxford

RODOLFO BUHRER/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO-01/04/2021

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) vai entregar 5,3 milhões de doses da vacina contra a covid-19, desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, nesta sexta-feira (21), ao PNI (Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde.

Mas, desde quinta-feira (20), a produção do imunizante foi interrompida por falta de IFA (ingrediente farmacêutico ativo). A chegada desses insumos, vindos da China, está prevista para este sábado (22). Se a data for cumprida, a produção da vacina deve ser retomada já na próxima terça-feira (25).

Por enquanto, não há previsão de que essa interrupção na produção tenha impacto no cronograma de entregas futuras. As entregas são feitas toda sexta-feira, conforme combinado com o Ministério da Saúde, seguindo a logística de distribuição definida pela pasta. "Caso haja impacto, isso será avaliado e comunicado mais à frente", afirma nota da Fiocruz.

Com a nova remessa dessa sexta-feira, a fundação completa 40 milhões de doses entregues ao PNI. Do total, 36,2 milhões foram produzidas no Bio-Manguinhos (Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos), no Rio de Janeiro, e as primeiras 4 milhões foram importadas já prontas da Índia.

"Ao todo, a Fundação já produziu em torno de 50 milhões de doses do imunizante. As demais doses produzidas se encontram em diferentes etapas do processo de controle de qualidade", disse a Fiocruz por meio de nota.

CoronaVac

O Instituto Butantan, que também paralisou no último dia 13 a fabricação da CoronaVac por falta insumos, deve receber lotes de IFA a partir da próxima quarta-feira (26). Serão 4.000 litros de insumos da China para a produção de cerca de 7 milhões de doses.

A última entrega, de 1,1 milhão de doses ao Ministério da Saúde, ocorreu no dia 14 de maio. O instituto já entregou mais de 47 milhões de doses ao PNI. Apesar da incerteza, mantém a previsão de entrega de 100 milhões de doses até 30 de setembro.

O Ministério da Saúde afirma que já foram distribuídas 90,6 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aos estados e Distrito Federal desde o início da campanha de vacinação, em 18 de janeiro. Segundo a pasta, foram aplicadas 55,7 milhões de doses. Além da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca, também começou a distribuição da Pfizer em maio.

Últimas