Operação Lava Jato
Brasil Após prisão, Japonês da Federal ganha nova marchinha carnavalesca

Após prisão, Japonês da Federal ganha nova marchinha carnavalesca

Newton Ishii ficará em regime semiaberto; ele é acusado de facilitar contrabando

Após prisão, Japonês da Federal ganha nova marchinha carnavalesca

Após conduzir diversos investigados na Lava Jato à cadeia, desta vez foi Newton Ishii que foi preso

Após conduzir diversos investigados na Lava Jato à cadeia, desta vez foi Newton Ishii que foi preso

REUTERS/Rodolfo Buhrer

Sucesso no Carnaval, com direito a máscaras e marchinha, o agente da Polícia Federal Newton Ishii, conhecido como Japonês da Federal, não é mais herói para os brasileiros. Figura sempre presente nas prisões de envolvidos na Operação Lava Jato, ele agora vai cumprir pena em regime semiaberto por facilitar contrabando

Rapidamente, já circulava uma nova versão da marchinha de Carnaval. "Ai meu Deus. Se deu mal, foi preso em Curitiba o Japonês da Federal... Já fiz sucesso, mas agora acabou. Foram me enquadrar, agora tô em cana aqui no Paraná".

Em 2003, o "Japonês da Federal" e outros 22 policiais federais alvos da Operação Sucuri, que apurou um esquema formado por agentes da PF e da Receita Federal que facilitava o contrabando de produtos ilegais na fronteira com o Paraguai, em Foz do Iguaçu (PR).

Já virou piada! Memes da prisão do "Japonês da Federal" se espalham nas redes sociais

Ouça: