Resumo do dia
Brasil As notícias mais importantes do dia 28 de fevereiro de 2019

As notícias mais importantes do dia 28 de fevereiro de 2019

Último dia do mês foi marcado pela divulgação do PIB, encontro entre Bolsonaro e Guaidó e dados sobre o mercado de trabalho

Notícias do DIa

O dia 28 de fevereiro de 2019 foi marcado pelo anúncio do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro de 2018. O encontro entre Jair Bolsonaro e o presidente autodeclarado da Venezuela, Juan Guaidó, também figura entre os destaques do último dia do mês. Confira a seguir:

Economia brasileira cresce 1,1% em 2018

PIB fechou positivo pelo segundo ano consecutivo

PIB fechou positivo pelo segundo ano consecutivo

Pixabay

A soma de todos os bens e serviços produzidos no Brasil cresceu 1,1% em 2018 na comparação com 2017, totalizando R$ 6,8 trilhões. Apesar de ser o segundo resultado positivo seguido do indicador, ele figura abaixo do esperado, reflete a falta de confiança na economia nacional e impõe desafios ao presidente Jair Bolsonaro.

Bolsonaro admite negociar idade mínima da Previdência

Presidente vê possibilidades de mudanças no Congresso

Presidente vê possibilidades de mudanças no Congresso

Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que alguns pontos da reforma da Previdência devem ser modificados no Congresso e citou a possibilidade da redução da idade mínima para aposentadoria das mulheres de 62 para 60 anos. Ele também observa uma alteração no BPC (Benefício de Prestação Continuada), outro ponto polêmico da proposta.

Brasil cria 34.313 vagas formais em janeiro

Resultado positivo foi puxado por 5 dos 8 setores pesquisados

Resultado positivo foi puxado por 5 dos 8 setores pesquisados

Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress - 23.1.2019

O Brasil abriu 34.313 vagas de emprego com carteira assinada em janeiro, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). O dado figura abaixo do esperado e que reforça o cenário de lenta recuperação econômica. O resultado foi puxado pelo desempenho positivo de cinco dos oito setores analisados pelo índice.

Bolsonaro recebe Juan Guaidó em Brasília

Guaidó disse que "não se pode viver em paz" como ditadura

Guaidó disse que "não se pode viver em paz" como ditadura

Ueslei Marcelino/Reuters - 28.02.2019

O presidente Jair Bolsonaro se encontrou com o líder do parlamento e presidente autodeclarado da Venezuela, Juan Guaidó, em um encontro que não foi considerado uma visita de Estado. Após a reunião, Guaidó agradeceu a Bolsonaro pelo apoio e afirmou que "não se pode viver em paz" quando uma ditadura "massacra um povo"

STJ nega liberdade ao médium João de Deus

Médium está preso desde dezembro do ano passado

Médium está preso desde dezembro do ano passado

Walterson Rosa/Folhapress - 16.12.2018

O ministro Nefi Cordeiro, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), negou um pedido de liberdade feito pela defesa de João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus. O médium está preso desde dezembro do ano passado, acusado de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam a casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), onde ele prestava atendimentos espirituais.

Ex-padre revela corrupção entre Cabral e Igreja Católica

Esquema de corrupção ocorreu durante o governo de Sérgio Cabral

Esquema de corrupção ocorreu durante o governo de Sérgio Cabral

Reprodução/MPF

O ex-padre Wagner Augusto Portugal admitiu que participava de esquema de corrupção na área da saúde do governo Sérgio Cabral. No depoimento que o confirmou como delator, Portugal confessou participação no desvio de R$ 52 milhões dos cofres do Rio de Janeiro em contratos com a Secretaria de Estado de Saúde do Rio com a organização social católica Pró-Saúde em 2013.

Tite faz primeira convocação de 2019

Vinícius Junior e Lucas Paquetá são novidades na lista de Tite

Vinícius Junior e Lucas Paquetá são novidades na lista de Tite

Divulgação/CBF - 28.2.2019

O técnico Tite convocou os 23 jogadores que vão disputar os amistosos contra o Panamá e a República Tcheca no mês de março. As novidades entre os convocados ficaram por conta de Vinícius Junior e de Lucas Paquetá, que tiveram a boa fase reconhecida por Tite.