Atendimento remoto do INSS é prorrogado até o dia 19 de junho

Decisão foi publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU). Medida visa proteção durante período de enfrentamento  do coronavírus

Atendimento remoto é prorrogado nas agências da previdência social

Atendimento remoto é prorrogado nas agências da previdência social

Agência Brasil / Marcelo Camargo

O atendimento remoto nas agências da Previdência Social aos segurados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi prorrogado até o dia 19 de junho. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria Conjunta 17.

Leia mais: Veja se você está no 1º lote da restituição do IR 2020

No dia 20 de março, outra portaria definia o atendimento remoto até o dia 30 de abril. Segundo a Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, a medida “visa a proteção da coletividade durante o período de enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19)”.

Leia mais: IR 2020: vai receber a restituição no 1º lote? Veja como usar o dinheiro

Durante esse período, os casos que dependem de perícia médica serão analisados sem atendimento presencial. O segurado terá que anexar atestado médico pelo portal ou aplicativo. O instituto vai antecipar parte do valor do benefício devido ao segurado.

Meu INSS

Para acessar o Meu INSS é preciso digitar o endereço no seu computador ou instalar o aplicativo no celular gratuitamente. Estão disponíveis mais de 90 serviços. Segundo a Secretaria da Previdência, para saber como gerar a senha, além de aprender a solicitar serviços e benefícios, basta acessar o site.