Novo Coronavírus

Brasil Autor de projeto contra vacinação obrigatória morre de covid-19

Autor de projeto contra vacinação obrigatória morre de covid-19

Deputado estadual do Mato Grosso, Silvio Fávero (PSL), 54 anos, também questionava medidas de isolamento social

  • Brasil | Ulisses de Oliveira, do R7

O deputado estadual Silvio Antônio Fávero (PSL), do Mato Grosso, morreu na tarde deste sábado (13) em Cuiabá, aos 54 anos, em decorrência da covid-19.

Corpo de Fávero será sepultado no município de Lucas do Rio Verde (MT)

Corpo de Fávero será sepultado no município de Lucas do Rio Verde (MT)

Reprodução/Instagram

O parlamentar é autor de um PL (projeto de lei) contra a obrigatoriedade da vacinação, questionava medidas de isolamento social para contenção da pandemia e compartilhava postagens do presidente Jair Bolsonaro contra as restrições na circulação de pessoas.

O PL foi apresentado em 14 de dezembro de 2020 e visa "assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação contra a COVID-19 no âmbito do Estado de Mato Grosso". No caso de menores de 14 anos de idade, os pais e/ou responsáveis poderão escolher ou rejeitar a aplicação da dose.

"O projeto visa também evitar que a vacinação seja compulsória, eis que, atualmente, subsiste insegurança quanto à eficácia e eventuais efeitos colaterais das vacinas, onde apresentam um risco que, sem dúvida alguma, é irreparável, já que os efeitos a curto, médio e longo prazo da vacina são desconhecidos, a obrigatoriedade de ser vacinado se mostra inconstitucional, já que colocará vidas em risco", diz trecho da justificativa da proposta.

As informações no projeto de lei estão incorretas, uma vez que qualquer imunizante submetido ao crivo da Anvisa (agência reguladora) necessita apresentar segurança e eficácia para ser aprovado.

De acordo com a família do deputado, "o quadro de saúde se agravou nesta madrugada chegando ao quadro de infecção generalizada". Ele havia sido internado em 4 de março.

"A família do deputado estadual Silvio Fávero agradece por todas as orações e manifestações positivas pelo pai, filho, marido, amigo, servidor Silvio Fávero, que deixa um grande legado de trabalho, alegria e amor pela vida por onde passou. Silvio Fávero deixa muitos amigos, muito serviço prestado por Mato Grosso, sua mãe Angélica, esposa Katia e três filhos: Gabriel, Gustavo e João Ricardo", postou a assessoria de comunicação do parlamentar em uma rede social.

Silvio Fávero foi eleito deputado estadual pelo PSB do Mato Grosso em 2018

Silvio Fávero foi eleito deputado estadual pelo PSB do Mato Grosso em 2018

Divulgação/ALMT

Em nota, o governo de Mato Grosso lamentou a morte de Fávero e irá decretar luto oficial de três dias, que será publicado no Diário Oficial do Estado.

"Fávero deixou sua marca na história de Mato Grosso, lutando por aquilo que acreditava ser o certo. Um companheiro do Estado na busca das melhores condições para os mato-grossenses. Eu e minha esposa desejamos força neste momento de luto à toda família e que Deus possa abençoa-lo e recebe-lo de braços abertos", afirmaram em nota o governador Mauro Mendes (DEM) e a primeira-dama Virginia Mendes.

O presidente da mesa diretora da ALMT (Assembleia Legislativa do Mato Grosso), deputado Max Russi (PSB), também manifestou pesar pela perda do colega na Casa. "Silvio foi um grande parlamentar, um dos mais atuantes da Casa de Leis. Dedicado, militante e um líder que sempre colocou o espírito público antes de tudo. Que Deus o receba em sua Glória e que traga todo conforto aos corações da família, amigos e colegas. Com certeza, o Parlamento mato-grossense perde muito com essa tragédia", disse em nota.

Últimas