Brasil Bolsonaro afirma que "farra das multas" ambientais vai acabar

Bolsonaro afirma que "farra das multas" ambientais vai acabar

Presidente eleito ainda não definiu o nome do novo ministro para o Meio Ambiente. Ele participou nesta manhã de uma solenidade em Resende

Bolsonaro quer acabar com as multas ambientais

Bolsonaro acompanha formatura em Agulhas Negras

Bolsonaro acompanha formatura em Agulhas Negras

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO - 1.12.2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) participou na manhã deste sábado (1º) da solenidade de formatura de cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no Rio de Janeiro.

Após a solenidade, Bolsonaro falou rapidamente com a impresa e afirmou que ainda não definiu um nome para o Ministério do Meio Ambiente, mas antecipou que "a farra das multas dadas pelo Ibama e pelo Instituto Chico Mendes" vão acabar. Ele também criticou a atuação de alguns fiscais que classificou como "abusiva".

Questionado sobre o número de ministérios que terá em seu governo, Bolsonaro disse que "em torno de 20, vinte e poucos, mas não vamos chegar a 30 como no governo anterior".

Também lembrou que tramita no Congresso uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para conceder aumento salarial aos militares. "Faz muito tempo que eles não têm um aumento e eles têm esse direito."

Descontraído, afirmou que deve acompanhar o jogo do Palmeiras contra o Vitória pela última rodada do Brasileirão neste domingo em São Paulo. "Fui convidado pelo clube e vou assistir o jogo no camarote".  

Resende

Durante a solenidade de formatura, 427 cadetes receberam a graduação de bacharel em ciências militares e a espada de oficial do Exército, depois de 4 anos de estudos. Bolsonaro estudou na Aman entre 1974 e 1977 e se declarou "muito emocionado voltar a academia depois de 40 anos".