Brasil Bolsonaro condecora ministros, militares e a própria mulher

Bolsonaro condecora ministros, militares e a própria mulher

Títulos foram destinados a personalidades com atuação em prol do Brasil, entre eles, o comandante do Exército, que não puniu Pazuello 

  • Brasil | Do R7

Bolsonaro condecorou inúmeras personalidades

Bolsonaro condecorou inúmeras personalidades

Evaristo Sá/AFP - 05.05.2021

O presidente Jair Bolsonaro condecorou diversos ministros de Estado, militares das Forças Armadas e até a própria mulher, Michelle Bolsonaro, com títulos destinados a personalidades que têm atuado em prol do Brasil.

A decisão, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (7), traz inclusões e promoções dentro de cinco das seis classes da honraria.

Entre os condecorados, está o comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, com o grau mais alto da Ordem do Mérito da Defesa, honraria concedida àqueles que prestam relevantes serviços ao Ministério da Defesa e às Forças Armadas do Brasil. 

Na semana passada, o comandante  se alinhou ao desejo de Bolsonaro e livrou o general da ativa Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, de punição por ter participado de ato político em apoio ao presidente da República no Rio - o que é proibido pelas normas militares.

O comandante concluiu que Pazuello não cometeu "transgressão disciplinar" ao subir em carro de som e discursar em defesa de Bolsonaro. O procedimento administrativo contra ele foi arquivado. Em comunicado oficial, o Exército informou que, no entendimento do comandante, "não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do general Pazuello".

Honrarias

Foram alçados ao grau de Grã-Cruz, o segundo principal na ordem das condecorações, os ministros Carlos Alberto França (Relações Exteriores), Anderson Gustavo Torres (Justiça e Segurança Pública), Milton Ribeiro (Educação), Marcelo Queiroga (Saúde), Gilson Guimarães (Turismo), Fábio Faria (Comunicações), Flávia Carolina Peres (Secretaria de Governo) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional).

Também conquistaram a honraria o presidente do Supremo Tribunal Militar, general Luiz Carlos Gomes Mattos. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), também foi listado como um dos recebedores da Grã-Cruz.

Há ainda inúmeras condecorações aos demais graus inferiores de honraria. São elas: Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. No entanto, nenhum nome foi definido com recebedor do Grande-Colar, mais alta honraria do mérito.

A mulher do presidente Jair Bolsonaro, Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, recebeu a homenagem no grau de Grande-Oficial. Também foram condecorados no mesmo nível embaixadores, parlamentares e secretários de diversos ministérios. 

Últimas