Brasil Bolsonaro critica prisão 'espetaculosa' de Queiroz

Bolsonaro critica prisão 'espetaculosa' de Queiroz

"Parecia que estavam prendendo o maior bandido da Terra", afirmou o presidente durante transmissão em uma rede social

  • Brasil | Do R7

Bolsonaro destacou que Queiroz não estava foragido

Bolsonaro destacou que Queiroz não estava foragido

Sebastião Moreira/EFE - 18.06.2020

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira (18) a forma "espetaculosa" como ocorreu a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, em Atibaia, no interior de São Paulo, em um imóvel do advogado Frederick Wassef.

“Parecia que estavam prendendo o maior bandido da face da Terra”, avaliou o presidente durante sua tradicional live semanal em uma rede social.

Leia mais: Investigação ligada à Lava Jato, sem querer, chegou a Queiroz

De acordo com Bolsonaro, Queiroz não estava foragido e a prisão foi realizada sem a existência de um mandato contra ele. “Tranquilamente, se tivessem pedido ao advogado o comparecimento dele a qualquer local, creio eu que ele teria comparecido”, afirmou Bolsonaro.

Ao analisar o fato de que o ex-assessor estava na casa do advogado da família em Atibaia, o presidente diz que a região é próxima do hospital onde Queiroz faz tratamento contra o câncer.

investigado pela suposta prática de “rachadinha” quando atuava no gabinete de Flávio na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), Queiroz encontra-se no presídio de Bangu, para onde foi transferido após a prisão.

Bolsonaro aproveitou a live pra também negar a existência de operações de busca a apreensão em uma casa dele cidade de Bento Ribeiro (RJ) e de uma funcionária de seu outro filho, o deputado Carlos Bolsonaro.

Assista ao vídeo:

Veja abaixo o vídeo do momento da prisão de Queiroz:

Últimas