Brasil Bolsonaro defende fim do horário de verão: 'Medida não traz ganho'

Bolsonaro defende fim do horário de verão: 'Medida não traz ganho'

Em conversa com apoiadores no Alvorada, presidente disse que maioria é contra a medida porque 'mexe no horário biológico'

Agência Estado
Bolsonaro não quer volta do horário de verão, mas setor de bares e restaurantes acha que mudança seria positiva

Bolsonaro não quer volta do horário de verão, mas setor de bares e restaurantes acha que mudança seria positiva

Adriano Machado/Reuters - 29.06.2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou, durante encontro com apoiadores nesta terça-feira (6) o uso do horário de verão e afirmou que a medida não traz nenhum ganho financeiro. Segundo o presidente, na volta ao Palácio da Alvorada, a maioria é contra o horário de verão porque "mexe no horário biológico".

A volta do horário de verão é defendida como uma alternativa para amenizar o risco de apagões e abrandar a pressão sobre a produção de energia durante os próximos meses, de estiagem.

Na semana passada, associações do setor de turismo - que reúne hotéis, restaurantes e bares - enviaram pedido ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, pelo retorno da antecipação dos relógios. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a mudança poderia favorecer o setor produtivo do país e ajudar na retomada econômica.

Últimas