Brasil Bolsonaro diz que 2.904 médicos vão reforçar combate à covid

Bolsonaro diz que 2.904 médicos vão reforçar combate à covid

Presidente afirmou em rede social que esses profissionais serão selecionados entre os cerca de 9 mil inscritos no Mais Médicos

  • Brasil | Do R7

Médicos selecionados pelo programa vão trabalhar no combate à covid

Médicos selecionados pelo programa vão trabalhar no combate à covid

Leonardo Benassatto/Reuters - 23.03.2021

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (2) que o governo federal vai disponibilizar aos municípios mais 2.904 médicos, com CRM, para reforçar o combate à covid-19. A informação foi publicada por meio de rede social. 

"Estes médicos serão selecionados entre os cerca de 9 mil inscritos no edital do Mais Médicos do início de março, que se juntarão a outros já em atividade, chegando a 18 mil em todo o Brasil. - Será um recorde no número de médicos em toda a história do programa", afirmou o presidente.

O Ministério da Saúde publicou em 11 de março dois editais de chamamento público para a contratação de médicos no âmbito do Projeto Mais Médicos para o Brasil com foco em ações do plano de contingência nacional para infecção humana pelo novo coronavírus. 

A possibilidade de contratação de mais médicos pelo programa já havia sido anunciada pelo governo. Entraves burocráticos impediram que o chamamento fosse feito pelo Médicos pelo Brasil, lançado no ano passado pelo governo Jair Bolsonaro, por isso foi feito pelo Mais Médicos.

Últimas