Novo Coronavírus

Brasil Bolsonaro diz que Brasil ofertará vacina que for aprovada pela Anvisa

Bolsonaro diz que Brasil ofertará vacina que for aprovada pela Anvisa

Em publicação em uma rede social, presidente garantiu que "não faltarão recursos" para vacinação "gratuita e não obrigatória" de toda população

  • Brasil | Do R7

Bolsonaro: "Governo federal ofertará a vacina a todos"

Bolsonaro: "Governo federal ofertará a vacina a todos"

Joédson Alves/EFE - 09.06.2020

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou nesta segunda-feira (7), em uma publicação nas redes sociais, que o governo vai ofertar à população brasileira a vacina contra a covid-19 aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

"Havendo certificação da Anvisa (orientações científicas e preceitos legais) o governo federal ofertará a vacina a todos", escreveu o presidente.

Leia mais: Falta dado essencial para aprovar uso da CoronaVac, diz Anvisa

De acordo com Bolsonaro a vacinação será "gratuita e não obrigatória". Ele também garantiu que "não faltarão recursos para que todos sejam atendidos". "Saúde e Economia de mãos dadas pela vida", completou.

Até o momento, o governo federal já firmou um acordo com a Universidade de Oxford para a compra do imunizante desenvolvido pela farmacêutica sueca AstraZeneca. A parceria, no valor de R$ 1,9 bilhão, também prevê a transferência da tecnologia para a produção de até 160 milhões de doses no segundo semestre de 2021.

"No primeiro semestre de 2021, chegaremos a 100 milhões. No segundo semestre, já com a tecnologia transferida, podemos produzir com a Fiocruz até 160 milhões de doses a mais. Só aí, são 260 milhões de doses", disse o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em audiência pública no Congresso.

Há ainda a participação do Brasil no consórcio Covax Facility, no valor de R$ 2,5 bilhões, que reúne dez laboratórios e que pode garantir ao país mais 42 milhões de doses, totalizando mais de 300 milhões de doses de vacinas já acordadas e comercializadas.

Últimas