Bolsonaro diz que deve escolher ministro da Educação nesta quinta

O presidente interrompeu a conversa com apoiadores na saída do Alvorada dizendo que tudo que ele fala ali tem uma 'repercussão enorme'

Bolsonaro voltou a falar com apoiadores no Alvorada

Bolsonaro voltou a falar com apoiadores no Alvorada

Adriano Machado/Reuters - 09.06.2020

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a apoiadores na frente do Palácio do Alvorada que deve escolher o novo ministro da Educação nesta quinta-feira (2).

"Talvez eu escolha hoje o Ministro da Educação. Deu problema com o Decotelli", comentou.

Bolsonaro havia ficado pelo menos duas semanas sem falar com os apoiadores no Alvorada após a repercussão negativa de algumas de suas falas. Nesta quinta, ele interrompeu a conversa dizendo que tudo o que ele fala ali "tem uma repercussão enorme".

Nomeado para a pasta da Educação, o professor Carlos Decotelli entregou terça-feira (30) sua carta de demissão. Decotelli teve a nomeação publicada no Diário Oficial da União na última quinta-feira (25), mas não chegou a tomar posse.

Decotelli teve a nomeação articulada pelos ministros militares do Planalto. As incoerências no seu currículo, no entanto - instituições disseram que ele não tinha concluído etapas que ele dizia ter concluído - deixaram os ministros constrangidos. Decotelli chegou a alterar o próprio currículo na plataforma Lattes após as contestações.