STF

Brasil Bolsonaro diz que indicará apenas em julho novo ministro do STF

Bolsonaro diz que indicará apenas em julho novo ministro do STF

Na semana passada, ministro recuou da decisão de antecipar saída da corte para 5 de julho e seguirá até 12 de julho

  • Brasil | Do R7, com Estadão Conteúdo

Bolsonaro em cerimônia de Juramento à Bandeira e Entrega de Espadins da turma Almirante Bosísio

Bolsonaro em cerimônia de Juramento à Bandeira e Entrega de Espadins da turma Almirante Bosísio

Júlio Nacimento/PR - 19.06.2021

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (21) em conversa com apoiadores, que vai indicar mais um nome para o STF (Supremo Tribunal Federal) apenas em julho, quando o ministro Marco Aurélio Mello deixará a Corte. Nos bastidores, o presidente cogitou apresentar um nome do substituto antes de o ministro deixar o STF.

Na semana passada, Marco Aurélio recuou da decisão de antecipar a aposentadoria para 5 de julho e comunicou à presidência da Corte que seguirá até 12 de julho, quando completa 75 anos. Bolsonaro voltou a repetir, na saída do Palácio do Alvorada, que quem for eleito em 2022 vai indicar mais dois ministros para o Supremo logo após assumir.

Na mesma conversa, Bolsonaro voltou a dizer que, caso o Congresso aprove, o Brasil terá voto impresso. O tema é uma das bandeiras do chefe do executivo federal, que defende que o sistema traz maior confiabilidade à votação, visualizando sua campanha à reeleição.

Últimas