Brasil Bolsonaro diz que nasceu para ser militar e não presidente

Bolsonaro diz que nasceu para ser militar e não presidente

Apesar da reclamação, o presidente afirmou que está aprendendo e que tem obrigação de mudar o destino país 

Reuters
Em discurso, Bolsonaro afirmou "que não nasceu para ser presidente"

Em discurso, Bolsonaro afirmou "que não nasceu para ser presidente"

Jornal Opção

Em um discurso na inauguração de uma ouvidoria do governo federal, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (5) que "não nasceu para ser presidente" e que o cargo é "só problemas".

"Desculpem as caneladas, não nasci para ser presidente, nasci para ser militar, mas no momento estou nessa condição de presidente e junto com vocês nós podemos mudar o destino do Brasil", disse.

Em outros trecho, Bolsonaro afirmou que não tem ambição, mas que tem obrigação de mudar o Brasil.

"Não me sobe à cabeça o fato de ser presidente. Eu me pergunto, eu olho para Deus e falo: o que eu fiz para merecer isso? É só problema, mas temos como ir em frente, temos como mudar o Brasil", afirmou.

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro reclama das pressões do cargo. Ao final da viagem a Israel, o presidente afirmou que a Presidência era um "abacaxi" e disse que estava cansado.

Mais tarde, em entrevista, ao ser perguntado se o cargo era mais difícil do que pensava e se já havia aprendido a ser presidente, disse que sabia das dificuldades.

"Não, eu sabia das dificuldades, é um país grande, tem muitos vícios que existem no Brasil", disse, acrescentando que se preocupa com a violência. "A gente tem que se virar né? Para não ser engolido."

Últimas