Bolsonaro diz que Paulo Guedes aceitou morar na Granja do Torto

Ministro, de 70 anos, teve de voltar ao RJ quando o hotel onde morava, ao lado do Palácio do Planalto, decidiu fechar em meio à crise da covid-19

Paulo Guedes morava em hotel de Brasília, que fechou as portas em meio à pandemia

Paulo Guedes morava em hotel de Brasília, que fechou as portas em meio à pandemia

Ueslei Marcelino/Reuters - 5.11.2019

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (27), que o ministro da Economia, Paulo Guedes, passará a morar na Granja do Torto, em Brasília. Bolsonaro disse que ofereceu a residência oficial da Presidência emprestada ao ministro, que está em isolamento social no Rio. Ele tem 70 anos e faz parte do grupo de risco da covid-19.

"Ele parece que vai morar no Torto. Espero que não sofra crítica de vocês", disse o presidente. "Eu ofereci para ele ficar lá e ele falou que topa. Não tem nenhum impedimento."

Segundo Bolsonaro, o hotel onde o ministro morava, vizinho ao Palácio do Alvorada, decidiu fechar as portas temporariamente.

Reunião

O presidente afirmou que fará uma reunião ministerial neste sábado com a presença de pelo menos seis titulares, entre eles o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Bolsonaro não confirmou se Guedes participará. "Amanhã ele (Mandetta) vai estar aqui de manhã, dar uma redirecionada em alguma coisa", afirmou.