Brasil Bolsonaro faz exames para saber se pode ir à reunião da ONU

Bolsonaro faz exames para saber se pode ir à reunião da ONU

O presidente chegou ao hospital do DF às 9h10. Ao final das avaliações, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, falará com os jornalistas

Bolsonaro faz exames em São Paulo para saber se pode ir à ONU

No hospital, Bolsonaro teve a companhia do filho Carlos

No hospital, Bolsonaro teve a companhia do filho Carlos

Reprodução/Twitter Carlos Bolsonaro

Menos de uma semana após receber alta, o presidente Jair Bolsonaro passa por avaliação médica na manhã desta sexta-feira, 20. Os exames serão determinantes para definir se o presidente tem condições de participar da abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas na próxima terça-feira, dia 24, em Nova York (EUA). Bolsonaro será atendido pelo médico Antonio Macedo, no Hospital DF Star, em Brasília.

Leia mais: Bolsonaro deixa hospital após quarta cirurgia

Responsável pela cirurgia do presidente, realizada no dia 8 de setembro, Macedo veio de São Paulo e está no hospital desde as 8 horas. Bolsonaro chegou ao local às 9h10, e entrou pela garagem. Ao final das avaliações, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, falará com jornalistas.

Em sinal de melhora, o presidente vai participar de um evento no Palácio do Planalto na tarde desta sexta para sanção da Medida Provisória da Liberdade Econômica. Nos últimos quatro dias, ele despachou do Palácio da Alvorada, uma das residências oficiais da Presidência.

Veja também: Bolsonaro concede entrevista exclusiva ao Jornal da Record

Quarta cirurgia

Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia no domingo (8) para retirada de hérnia incisional em uma das cicatrizes de operação anterior. Essa foi a quarta cirurgia do presidente desde a facada durante campanha em Juiz de Fora (MG), há pouco mais de um ano.

Questionado se o presidente tem outro problema de saúde que atrasa a recuperação, o médico Antonio Macedo afirmou que "em todas as cirurgias que fizemos, houve um retardo na recuperação, mas, quando ele retorna, vai rápido".