Novo Coronavírus

Brasil Bolsonaro inclui atividades religiosas como serviços essenciais

Bolsonaro inclui atividades religiosas como serviços essenciais

Presidente editou um decreto que inclui quais os setores que não podem parar durante a pandemia do novo coronavírus

  • Brasil | Do R7

Atividades de pesquisa passam a ser essenciais

Atividades de pesquisa passam a ser essenciais

Isac Nóbrega/PR - 24.03.2020

O presidente Jair Bolsonaro editou o decreto define aumenta a quantidade ds serviços públicos e atividades considerados essenciais. O texto foi publicado no DOU (Diário Oficial da União) nesta quinta-feira (26). 

Devido à pandemia do coronavírus, estados e municípios passaram a determinar o fechamento de serviços não essenciais por um prazo, normalmente, de 15 dias. A alteração no decreto de Bolsonaro acrescenta alguns setores que não podem ser fechados, como unidades lotéricas, atividade judicial, religiosa, de pesquisa e fiscalização de trabalho. 

O texto também afirma que, para restrição do transporte intermunicipal, "o órgão de vigilância sanitária ou equivalente nos Estados e no Distrito Federal deverá elaborar a recomendação técnica e fundamentada". 

Últimas