FGTS

Brasil Bolsonaro pode anunciar liberação do FGTS nos '200 dias' de governo

Bolsonaro pode anunciar liberação do FGTS nos '200 dias' de governo

Para estimular o crescimento, o governo deverá liberar o saque de até 35% dos recursos das contas ativas, injetando até R$ 42 bilhões na economia 

  • Brasil | Do R7, com Agência Estado

O presidente Bolsonaro completará 200 dias de governo

O presidente Bolsonaro completará 200 dias de governo

Alan Santos/PR - 17.07.2019

O presidente Jair Bolsonaro realiza um evento nesta quinta-feira (18) para comemorar os 200 dias do seu governo. A cerimônia será realizada no Palácio do Planalto, às 16h. Há avisos espalhados pela Presidência com o convite aos servidores.

Leia mais: Bolsonaro promete anunciar liberação do FGTS nesta semana

Durante a comemoração, a expectativa é que seja feito o anúncio da liberação do saque de até 35% dos recursos das contas ativas (dos contratos de trabalho atuais) do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com a medida, o governo espera injetar até R$ 42 bilhões na economia.

O plano é uma tentativa de reanimar a economia, via consumo, ainda este ano. A projeção oficial do governo é de crescimento do PIB de 0,81%. Junto com a liberação dos recursos do FGTS, haverá também mais uma rodada de saques do PIS/Pasep.

Leia também: Saiba o que fazer com o dinheiro que será liberado do FGTS

Uma das possibilidades estudadas é autorizar os saques na seguinte proporção: quem tem até R$ 5 mil no fundo, poderia pegar 35% do saldo; trabalhadores com até R$ 10 mil no FGTS teriam autorização para sacar 30%. Ainda se discutia qual parcela terá direito quem tem entre R$ 10 mil e R$ 50 mil no FGTS. Acima de R$ 50 mil, o trabalhador só poderia sacar 10% do saldo total.

Últimas