Brasil Bolsonaro sai da Unidade de Terapia Semi-Intensiva e vai para o quarto

Bolsonaro sai da Unidade de Terapia Semi-Intensiva e vai para o quarto

Presidente evolui com melhora clínica progressiva, não apresenta dor e febre e apresentou melhora do quadro pulmonar, afirma boletim médico

Bolsonaro

Visitas a Bolsonaro seguem restritas

Visitas a Bolsonaro seguem restritas

Reprodução/Twitter - 11.02.2019

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta da Unidade de Terapia Semi-Intensiva na manhã desta segunda-feira (11), segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein. Ele seguiu para o quarto da unidade.

De acordo com o comunicado, Bolsonaro evolui com melhora clínica progressiva, não apresenta dor e febre e apresentou melhora do quadro pulmonar.

Bolsonaro cobra que PF encontre mandantes de facada

Com a melhor identificada, a equipe médica suspendeu a nutrição parenteral, introduziu uma dieta leve e manteve o suplemento nutricional na alimentação do presidente.

O boletim aponta ainda que as medidas de prevenção de trombose venosa, realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto foram mantidas.

Por ordem médica, as visitas ao presidente seguem restritas.

Bolsonaro deve voltar a Brasília entre quinta e sexta, diz ministro

Confira a íntegra do boletim médico:

"São Paulo, 11 de fevereiro de 2019.

O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado no Hospital Israelita Albert Einstein. O paciente evoluiu com melhora clínica progressiva e recebeu alta da Unidade de Terapia SemiIntensiva para o apartamento nesta manhã.

Não apresenta dor, febre e segue com melhora do quadro pulmonar. Foi suspensa a nutrição parenteral, introduzida dieta leve e mantido o suplemento nutricional. Estão sendo mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa, realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto.

Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein"