Brasil Bolsonaro: Temer está disposto a colaborar nos últimos dias de 2018

Bolsonaro: Temer está disposto a colaborar nos últimos dias de 2018

Presidente eleito afirma que procurará Temer mais vezes durante o processo de transição entre os governos

Bolsonaro

Temer e Bolsonaro se reuniram nesta quarta-feira

Temer e Bolsonaro se reuniram nesta quarta-feira

Renato Costa/FramePhoto/Folhapress - 7.11.2018

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quarta-feira (7), após um encontro com o presidente Michel Temer (MDB), que o atual governo "está disposto a colaborar no que for possível nesses últimos dias de 2018".

"Como manifestei, o procurarei mais vezes. Tem muita coisa que continuará. O Brasil não pode se furtar do conhecimento daqueles que passaram pela presidência”, disse Bolsonaro, que agradeceu a receptividade de Temer.

Bolsonaro chegou a Brasília ontem (6), quando participou da cerimônia em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal e disse que vai continuar "construindo o Brasil que o povo merece".

Toffoli diz a Bolsonaro que STF está comprometido com reformas

Ao comentar o encontro com Bolsonaro, Temer confirmou que ele e sua estão dispostos a colaborar "intensamente" com o futuro governo. "Não é uma colaboração apenas formal, mas verdadeira", garante. Ele afirma poder apresentar ao futuro presidente "aquilo que foi feito e ainda aquilo que resta fazer".

O emedebista ainda destacou ter pedido para que Bolsonaro apresente a ele os projetos nos quais têm interesse que sejam aprovados pelo Congresso ainda neste ano. "Faremos todos os esforços para essas aprovações", disse Temer.

Bolsonaro anuncia extinção do Ministério do Trabalho

"No dia 1º de janeiro, terei o prazer de entregar ao presidente Bolsonaro, que fez uma belíssima campanha eleitora, as chaves do Palácio do Planalto", completou o presidente, que afirmou ter também convidado o eleito para acompanhar ele em algumas viagens internacionais, inclusive para a cúpula do G20 — grupo formado pelas maiores economias do mundo —, que acontece entre 30 de novembro e 1º de dezembro na Argentina.

Presente

Durante a reunião, Temer deu um livro de presente para Bolsonaro. Nele, há uma compilação dos projetos realizados do seu governo, em seis eixos: Social e Cidadania, Econômico, Infraestrutura, Brasil e o Mundo, Segurança e Defesa Nacional e Ações Regionais. A publicação começa com a frase “O Brasil é hoje um país completamente diferente de dois anos e seis meses atrás”.

Diplomação de Bolsonaro deve ocorrer dia 11 de dezembro

Segundo Temer, durante a reunião no Planalto, foi transmitido a Bolsonaro um balanço das ações do governo nos últimos dois anos e meio e o que está programado. O presidente destacou que o programa vai ser “apreciado” pelo sucessor para analisar se deve ser mantido.

Em sua agenda na capital federal, Bolsonaro também conheceu as instalações do CCBB. A visita ocorreu na manhã de hoje. Ele chegou de carro ao local e um helicóptero militar acompanhou o comboio no trajeto.

Bolsonaro também recebeu do presidente Michel Temer as chaves do sistema E-Governa, um banco de dados com as informações oficiais de todas as áreas do governo, separadas por ministério.

*Com informações da Agência Brasil

    Access log