Brasil Bolsonaro vai a praia no Rio para receber homenagem de esquadrilha 

Bolsonaro vai a praia no Rio para receber homenagem de esquadrilha 

Presidente eleito estava acompanhado por mais de 20 agentes da Polícia Federal, além de policiais militares. Ele usava colete à prova de balas

bolsonaro, colete, esquadrilha, homenagem

Presidente eleito voltou a simular armas com as mãos durante evento n Rio

Presidente eleito voltou a simular armas com as mãos durante evento n Rio

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO - 31.10.2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi à praia da Barra, no Rio de Janeiro, nessa quarta-feira (31) para receber uma homenagem de pilotos de um clube de aviadores que fizeram um show de acrobacia aérea na orla.

Bolsonaro, que usava colete à prova de bala, calça escura e blusa de malha branca, acompanhou o show parecido com o da esquadrilha da fumaça do alto do posto 4, do grupamento marítimo, que fica na orla.

Do alto posto, vários atiradores de elite estavam posicionados para garantir a segurança do presidente eleito. Bolsonaro estava cercado por agentes da PF no platô do posto do grupamento marítimo e agentes descaracterizados também estavam infiltrados na areia da praia para evitar a aproximação de banhistas.

Um corneteiro que trabalha na praia chamou a atenção de Bolsonaro e banhistas e curiosos passaram a tirar fotos e fazer vídeos à distância.

O presidente eleito acenava e fazia gestos de carinho com as mãos, além de imitar movimentos de vôlei e futvôlei, enquanto as pessoas gritavam seu nome e o chamavam de mito. Ele também simulou empunhar armas com as mãos. Ele ficou no local cerca de meia hora no local.

Ao deixar a área, as pessoas tentaram se aproximar, mas o forte esquema de segurança impediu um contato mais próximo.

Nesta manhã, o presidente eleito confirmou no Twitter que o astronauta Marcos Pontes será indicado para comandar o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Na quinta-feira, Bolsonaro deve receber a visita do juiz federal Sérgio Moro, mencionado pelo presidente eleito em entrevistas como possível ministro da Justiça ou futuro ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).

Grupo privado da esquadrilha da fumaça se exibiu em homenagem a Bolsonaro

Grupo privado da esquadrilha da fumaça se exibiu em homenagem a Bolsonaro

Wilton Junior/Estadão Conteúdo - 31.10.2018