Novo Coronavírus

Brasil Chefe do Centro de Inteligência do Exército morre após pegar covid-19

Chefe do Centro de Inteligência do Exército morre após pegar covid-19

General Sydrião estava internado em Brasília havia 10 dias. Em agosto, ele participou de comitiva que levou mantimentos ao Líbano

Agência Estado
General Sydrião, que morreu nesta terça

General Sydrião, que morreu nesta terça

Eduardo Maia/Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

O chefe do Centro do Inteligência do Exército, general de brigada Carlos Augusto Fecury Sydrião Ferreira, morreu nesta terça-feira (8) em Brasília, aos 53 anos. Ele estava internado no Hospital das Forças Armadas havia dez dias.

A morte foi confirmada pelo Exército, que não comentou a causa da morte. Em nota, informou que o corpo será cremado em cerimônia restrita aos familiares.

Nascido em Fortaleza (CE), general Sydrião foi nomeado para a chefia do CIE (Centro de Inteligência do Exército) em 2019. Em agosto deste ano, ele participou da comitiva liderada pelo ex-presidente Michel Temer, que foi ao Líbano levar mantimentos em apoio ao país após uma explosão no porto de Beirute deixar mais de 200 mortos e destuir parte da cidade.

Como coronel, Sydrião comandou o Batalhão da Polícia do Exército de Brasília. Em nota, o órgão afirmou que o general deixa "um grande legado de amor, amizade, camaradagem e profissionalismo". 

Forças Armadas registram 4 mortes e 912 casos confirmados de covid-19

Últimas